por
Lingopass
25.1.2024

Lista revela os 50 melhores hotéis do mundo e o Brasil marcou presença!

Recentemente, o cenário hoteleiro do Brasil alcançou um feito extraordinário ao ser reconhecido no prestigiado prêmio "The World's 50 Best Hotels". O Rosewood São Paulo brilhou como o representante do país, conquistando o título de Melhor Hotel da América do Sul e alcançando a impressionante 27ª posição no ranking global. Este ranking destaca os melhores estabelecimentos e experiências de viagem ao redor do mundo, abrangendo hotéis de 35 destinos em seis continentes.

Esse reconhecimento não apenas coloca o Brasil no mapa global como um destino de luxo em ascensão, mas também evidencia o compromisso da hotelaria nacional com a sustentabilidade e a responsabilidade social. Aspectos cada vez mais cruciais para viajantes conscientes, que desempenharam um papel significativo na seleção dos hotéis premiados.

No coração pulsante de São Paulo, o Rosewood São Paulo se destaca não apenas pela sua posição no ranking global, mas também por sua arquitetura icônica, sofisticação e serviço de alto padrão. Ele foi coroado como o Melhor Hotel da América do Sul em 2023, atraindo visitantes de todo o mundo em busca de uma experiência única e memorável.

Em meio a destinos tão aclamados como Paris, Atenas, Maldivas, Londres e Nova York, é surpreendente ver o Brasil conquistar um lugar de destaque. O Rosewood São Paulo oferece não apenas acomodações luxuosas, mas também uma experiência gastronômica diversificada nos seus restaurantes, celebrando a rica culinária nacional em um ambiente requintado.

Cenário promissor para o setor de hotelaria no Brasil

Os números não mentem, e o setor hoteleiro brasileiro está experimentando uma ascensão notável. Segundo um estudo da HotelInvest, contando com o apoio do FOHB (Forúm de Operações Hoteleiro do Brasil), no primeiro semestre de 2023, houve um aumento significativo de 4,9% na ocupação, comparado ao mesmo período de 2022. O levantamento analisou o desempenho de 204 hotéis e 35 mil unidades habitacionais em 10 capitais brasileiras, revelando também um impressionante aumento de 28,5% na diária média praticada no setor.

Esses dados não apenas refletem o sucesso do Rosewood São Paulo, mas indicam uma oportunidade única para o país. Expandir e diversificar a rede hoteleira pode ser a chave para atrair ainda mais visitantes, fortalecendo o turismo de alto padrão. O Ministério do Turismo, consciente desse potencial, disponibiliza o Portal de Investimentos, uma ferramenta multilíngue que destaca oportunidades de negócios e fomenta investimentos e parcerias público-privadas.

Atualmente, conforme informações do portal gov.br na categoria Viagens e Turismo, 62 projetos distribuídos em 19 estados oferecem oportunidades de investimento no valor de R$ 26 bilhões, com a perspectiva de gerar mais de 118 mil empregos diretos e indiretos.

Em suma, o Brasil não apenas conquista seu lugar entre os melhores hotéis do mundo, mas também vislumbra um futuro brilhante no turismo de luxo, com investimentos crescentes e uma reputação global em ascensão.

Lista revela os 50 melhores hotéis do mundo e o Brasil marcou presença!

por
Lingopass
25.1.2024
Tempo de leitura:
5 minutos

Recentemente, o cenário hoteleiro do Brasil alcançou um feito extraordinário ao ser reconhecido no prestigiado prêmio "The World's 50 Best Hotels". O Rosewood São Paulo brilhou como o representante do país, conquistando o título de Melhor Hotel da América do Sul e alcançando a impressionante 27ª posição no ranking global. Este ranking destaca os melhores estabelecimentos e experiências de viagem ao redor do mundo, abrangendo hotéis de 35 destinos em seis continentes.

Esse reconhecimento não apenas coloca o Brasil no mapa global como um destino de luxo em ascensão, mas também evidencia o compromisso da hotelaria nacional com a sustentabilidade e a responsabilidade social. Aspectos cada vez mais cruciais para viajantes conscientes, que desempenharam um papel significativo na seleção dos hotéis premiados.

No coração pulsante de São Paulo, o Rosewood São Paulo se destaca não apenas pela sua posição no ranking global, mas também por sua arquitetura icônica, sofisticação e serviço de alto padrão. Ele foi coroado como o Melhor Hotel da América do Sul em 2023, atraindo visitantes de todo o mundo em busca de uma experiência única e memorável.

Em meio a destinos tão aclamados como Paris, Atenas, Maldivas, Londres e Nova York, é surpreendente ver o Brasil conquistar um lugar de destaque. O Rosewood São Paulo oferece não apenas acomodações luxuosas, mas também uma experiência gastronômica diversificada nos seus restaurantes, celebrando a rica culinária nacional em um ambiente requintado.

Cenário promissor para o setor de hotelaria no Brasil

Os números não mentem, e o setor hoteleiro brasileiro está experimentando uma ascensão notável. Segundo um estudo da HotelInvest, contando com o apoio do FOHB (Forúm de Operações Hoteleiro do Brasil), no primeiro semestre de 2023, houve um aumento significativo de 4,9% na ocupação, comparado ao mesmo período de 2022. O levantamento analisou o desempenho de 204 hotéis e 35 mil unidades habitacionais em 10 capitais brasileiras, revelando também um impressionante aumento de 28,5% na diária média praticada no setor.

Esses dados não apenas refletem o sucesso do Rosewood São Paulo, mas indicam uma oportunidade única para o país. Expandir e diversificar a rede hoteleira pode ser a chave para atrair ainda mais visitantes, fortalecendo o turismo de alto padrão. O Ministério do Turismo, consciente desse potencial, disponibiliza o Portal de Investimentos, uma ferramenta multilíngue que destaca oportunidades de negócios e fomenta investimentos e parcerias público-privadas.

Atualmente, conforme informações do portal gov.br na categoria Viagens e Turismo, 62 projetos distribuídos em 19 estados oferecem oportunidades de investimento no valor de R$ 26 bilhões, com a perspectiva de gerar mais de 118 mil empregos diretos e indiretos.

Em suma, o Brasil não apenas conquista seu lugar entre os melhores hotéis do mundo, mas também vislumbra um futuro brilhante no turismo de luxo, com investimentos crescentes e uma reputação global em ascensão.

A importância do inglês para a expansão internacional

Além de conquistar reconhecimento global, o setor hoteleiro brasileiro, exemplificado pelo Rosewood, está agora diante de uma oportunidade única: a expansão internacional. Nesse contexto, a capacitação da equipe no idioma inglês emerge como um fator crucial para o sucesso desse empreendimento ambicioso.

1. Comunicação aprimorada com clientes internacionais

O inglês, como linguagem global dos negócios e do turismo, desempenha um papel vital na comunicação com clientes internacionais. Uma equipe fluentemente bilíngue pode proporcionar uma experiência mais fluida e personalizada, garantindo que hóspedes de diversas origens se sintam acolhidos e compreendidos. Desde a reserva até o check-out, a comunicação eficiente contribui significativamente para a satisfação do cliente.=

2. Elevação da qualidade do serviço ao cliente

Investir em treinamentos de idiomas, especialmente no inglês, não apenas aprimora a comunicação, mas também eleva a qualidade geral do serviço ao cliente. Equipes que dominam o inglês podem oferecer orientações mais precisas, responder prontamente a solicitações e proporcionar uma experiência mais enriquecedora aos hóspedes estrangeiros. A atenção aos detalhes na comunicação, impulsionada pelo conhecimento do inglês, pode diferenciar um hotel de luxo na mente dos visitantes.

3. Abertura de portas para parcerias e oportunidades de negócios

No contexto da expansão internacional, a habilidade em inglês não é apenas valiosa para interações com os hóspedes, mas também para estabelecer parcerias e explorar oportunidades de negócios. A negociação de contratos, acordos comerciais e colaborações estratégicas frequentemente acontece em inglês nos cenários internacionais. Equipes capacitadas linguisticamente têm a vantagem de participar ativamente dessas iniciativas, ampliando o alcance do hotel e solidificando sua presença global.

Ao considerar a expansão internacional, o investimento na capacitação da equipe no inglês é um passo estratégico. Além de assegurar uma comunicação eficaz com hóspedes internacionais, a fluência no idioma contribui para uma prestação de serviço excepcional e cria oportunidades para estabelecer parcerias duradouras em um mercado globalmente competitivo. Com essas práticas, o Brasil não apenas se destaca como um destino de luxo, mas também constrói uma reputação sólida e duradoura na indústria hoteleira internacional.

Ver também:
26.2.24
Profissionais bilíngues: um diferencial estratégico na hotelaria de luxo e gastronomia no Brasil
18.1.24
O papel crucial da comunicação multilíngue na hotelaria de luxo
9.2.24
10 tendências para o setor de hotelaria em 2024
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade