por
Lingopass
13.1.2023

O que é escuta ativa e como aplicar no seu ambiente de trabalho

Escuta ativa: o que é e a importância de aplicar no ambiente de trabalho

A correria do dia a dia tornou as pessoas cada vez mais apáticas perante ao que escutam e, como consequência, elas não captam verdadeiramente a mensagem que o outro quis passar. Isso causa transtornos em diferentes níveis, indo desde brigas familiares ou entre amigos até problemas no trabalho. Saber o que é escuta ativa é um dos primeiros passos para resolver essa situação. 

Muito dessa rapidez cotidiana foi estipulada por uma antiga forma de se trabalhar, em que os chefes entendiam que quanto mais tempo fosse dedicado diretamente às suas funções, mais os colaboradores produziam. 

Essa ideia caiu por terra e hoje já entende-se que produtividade também está ligada com o bem-estar e melhorias no clima organizacional da empresa. Nesse novo cenário, é praticamente impossível não incluir a escuta ativa.  

O conceito de escuta ativa

Retomando a ideia de um cenário em que as pessoas não escutam umas às outras (ou até escutam, mas não assimilam verdadeiramente o que lhes foi dito antes de compartilhar as próprias opiniões), o conceito de escuta ativa precisa ser facilitado. Escuta ativa é a atividade, e habilidade, de absorver o que o outro está dizendo. 

O principal objetivo da escuta ativa é fazer com que a comunicação entre o interlocutor e o receptor possa acontecer sem ruídos e com menos desentendimentos. Como consequência direta, a escuta ativa faz com que duas ou mais pessoas possam chegar a um consenso em que todos tenham contribuído para o resultado final da ideia discutida. 

A importância da escuta ativa para o ambiente de trabalho

A escuta ativa é sim muito importante nas relações interpessoais cotidianas, mas dentro do ambiente de trabalho ela se torna ainda mais relevante, uma vez que consegue:

Desenvolver a relação entre a equipe

Como mencionado anteriormente, o clima organizacional da empresa é um fator muito importante para que o negócio realmente funcione. Praticar a escuta ativa é uma das formas mais eficazes de melhorar esse clima, uma vez que ela pratica e desenvolve a empatia entre os colaboradores e faz com que todos os integrantes de uma equipe coloquem suas ideias em pauta. 

Como consequência direta, a escuta ativa faz com que os colaboradores se entendam melhor, consigam absorver as informações mais relevantes, e cada um dos colaboradores consiga contribuir em algo que é bom e chegar a insights fortes (que podem partir até dos clientes) que podem dar um toque especial a um projeto, por exemplo. 

Aumento de produtividade

Não é difícil encontrar situações em que uma pessoa está martelando a cabeça procurando por uma solução enquanto alguém está tentando dar ideias que possam contribuir, mas está sendo ignorada ou desacreditada. Como a principal função da escuta ativa é fazer com que as pessoas se escutem, essa é uma situação evitável quando a estratégia em questão é utilizada. 

Acatar ideias e as utilizar para contribuição pode avançar muitos projetos e torná-los ainda melhores do que seriam sem essa troca. Isso também ocorre de cliente para empresa. Muitas empresas ignoram as ideias dos clientes por eles não serem profissionais da área, entretanto, na maioria dos casos, é possível filtrar, adaptar e fazer dar muito certo. 

Diminuição de ruídos na comunicação

Praticamente todos (ou pelo menos a grande maioria) dos problemas empresariais surgem de alguma falha na comunicação. Este é um aspecto extremamente importante dentro de uma empresa, tanto de forma interna (entre os próprios colaboradores) quanto de forma externa (para o público em geral). Os ruídos, nesse sentido, podem atrapalhar bastante. 

A escuta ativa ajuda a diminuir os ruídos na comunicação na instância em que cada um dos colaboradores conseguem entender as suas funções, exatamente o que cada um deve fazer e acatar as ideias de seus colegas sem distorcer o que eles falaram. Essa é uma vantagem que também ajuda a aumentar a produtividade, além de tornar o percurso menos pesado. 

Dicas para desenvolver a habilidade da escuta ativa no ambiente de trabalho

Mesmo que seja tão importante, muitas empresas não sabem como implantar a escuta ativa dentro de seus ambientes de trabalho. Algumas dicas para facilitar esse processo são:  

Feedback de clientes e colaboradores

Para colocar em vigência a escuta ativa dentro do ambiente de trabalho, é crucial que sejam estabelecidos momentos de conversa. Para os colaboradores, esses momentos podem ser em treinamentos, reuniões, palestras ou simplesmente por meio de perguntas abertas. 

Já para os clientes, o interessante é reservar esse momento para as horas de apresentações de projetos. Caso isso não aconteça na empresa, o negócio pode mandar formulários com perguntas ou tirar um tempo para conversar verdadeiramente com os clientes. 

Disposição para escutar 

Se uma empresa quer praticar a escuta ativa, os envolvidos nesse processo precisam estar dispostos a ouvir. Por este ser um processo extremamente orgânico, é preciso conscientizar as pessoas da importância. 

Dentro das empresas, essa conscientização pode ocorrer por meio de palestras informativas. Essas discussões também contribuem para outros aspectos de melhoria no clima organizacional. 

Confirmação do que foi entendido

Nem todo o mundo tem o dom do diálogo, assim como nem todo mundo consegue entender de primeira uma mensagem que foi passada. Dessa maneira, é interessante que tudo que foi entendido seja confirmado em seguida. 

No dia a dia, a troca de ideias é constante e a escuta ativa deve ser acionada a todo momento, fazendo com que não seja possível confirmar todos os mínimos detalhes, mas a ideia geral deve sim passar por essa etapa. 

Diálogo

O diálogo é, na verdade, uma consequência direta da escuta ativa. Entretanto, ele atua como etapa desse processo no momento em que o remetente original devolve para o seu interlocutor uma resposta, que atua quase que no mesmo sentido de feedback. 

Nesse cenário, todos os envolvidos devem estar cientes e de acordo (dispostos) a colocar em vigência as etapas que colocam em vigência os termos da escuta ativa dentro de uma empresa. 

Saber o que é o que é escuta ativa é algo muito importante para empresas que querem se internacionalizar, uma vez que essa já é uma estratégia recorrente em vários países que pensam nas relações de trabalho. Saiba mais sobre as melhores formas de investir na internacionalização de sua empresa através do Lingopass

O que é escuta ativa e como aplicar no seu ambiente de trabalho

por
Lingopass
13.1.2023
Tempo de leitura:

Escuta ativa: o que é e a importância de aplicar no ambiente de trabalho

A correria do dia a dia tornou as pessoas cada vez mais apáticas perante ao que escutam e, como consequência, elas não captam verdadeiramente a mensagem que o outro quis passar. Isso causa transtornos em diferentes níveis, indo desde brigas familiares ou entre amigos até problemas no trabalho. Saber o que é escuta ativa é um dos primeiros passos para resolver essa situação. 

Muito dessa rapidez cotidiana foi estipulada por uma antiga forma de se trabalhar, em que os chefes entendiam que quanto mais tempo fosse dedicado diretamente às suas funções, mais os colaboradores produziam. 

Essa ideia caiu por terra e hoje já entende-se que produtividade também está ligada com o bem-estar e melhorias no clima organizacional da empresa. Nesse novo cenário, é praticamente impossível não incluir a escuta ativa.  

O conceito de escuta ativa

Retomando a ideia de um cenário em que as pessoas não escutam umas às outras (ou até escutam, mas não assimilam verdadeiramente o que lhes foi dito antes de compartilhar as próprias opiniões), o conceito de escuta ativa precisa ser facilitado. Escuta ativa é a atividade, e habilidade, de absorver o que o outro está dizendo. 

O principal objetivo da escuta ativa é fazer com que a comunicação entre o interlocutor e o receptor possa acontecer sem ruídos e com menos desentendimentos. Como consequência direta, a escuta ativa faz com que duas ou mais pessoas possam chegar a um consenso em que todos tenham contribuído para o resultado final da ideia discutida. 

A importância da escuta ativa para o ambiente de trabalho

A escuta ativa é sim muito importante nas relações interpessoais cotidianas, mas dentro do ambiente de trabalho ela se torna ainda mais relevante, uma vez que consegue:

Desenvolver a relação entre a equipe

Como mencionado anteriormente, o clima organizacional da empresa é um fator muito importante para que o negócio realmente funcione. Praticar a escuta ativa é uma das formas mais eficazes de melhorar esse clima, uma vez que ela pratica e desenvolve a empatia entre os colaboradores e faz com que todos os integrantes de uma equipe coloquem suas ideias em pauta. 

Como consequência direta, a escuta ativa faz com que os colaboradores se entendam melhor, consigam absorver as informações mais relevantes, e cada um dos colaboradores consiga contribuir em algo que é bom e chegar a insights fortes (que podem partir até dos clientes) que podem dar um toque especial a um projeto, por exemplo. 

Aumento de produtividade

Não é difícil encontrar situações em que uma pessoa está martelando a cabeça procurando por uma solução enquanto alguém está tentando dar ideias que possam contribuir, mas está sendo ignorada ou desacreditada. Como a principal função da escuta ativa é fazer com que as pessoas se escutem, essa é uma situação evitável quando a estratégia em questão é utilizada. 

Acatar ideias e as utilizar para contribuição pode avançar muitos projetos e torná-los ainda melhores do que seriam sem essa troca. Isso também ocorre de cliente para empresa. Muitas empresas ignoram as ideias dos clientes por eles não serem profissionais da área, entretanto, na maioria dos casos, é possível filtrar, adaptar e fazer dar muito certo. 

Diminuição de ruídos na comunicação

Praticamente todos (ou pelo menos a grande maioria) dos problemas empresariais surgem de alguma falha na comunicação. Este é um aspecto extremamente importante dentro de uma empresa, tanto de forma interna (entre os próprios colaboradores) quanto de forma externa (para o público em geral). Os ruídos, nesse sentido, podem atrapalhar bastante. 

A escuta ativa ajuda a diminuir os ruídos na comunicação na instância em que cada um dos colaboradores conseguem entender as suas funções, exatamente o que cada um deve fazer e acatar as ideias de seus colegas sem distorcer o que eles falaram. Essa é uma vantagem que também ajuda a aumentar a produtividade, além de tornar o percurso menos pesado. 

Dicas para desenvolver a habilidade da escuta ativa no ambiente de trabalho

Mesmo que seja tão importante, muitas empresas não sabem como implantar a escuta ativa dentro de seus ambientes de trabalho. Algumas dicas para facilitar esse processo são:  

Feedback de clientes e colaboradores

Para colocar em vigência a escuta ativa dentro do ambiente de trabalho, é crucial que sejam estabelecidos momentos de conversa. Para os colaboradores, esses momentos podem ser em treinamentos, reuniões, palestras ou simplesmente por meio de perguntas abertas. 

Já para os clientes, o interessante é reservar esse momento para as horas de apresentações de projetos. Caso isso não aconteça na empresa, o negócio pode mandar formulários com perguntas ou tirar um tempo para conversar verdadeiramente com os clientes. 

Disposição para escutar 

Se uma empresa quer praticar a escuta ativa, os envolvidos nesse processo precisam estar dispostos a ouvir. Por este ser um processo extremamente orgânico, é preciso conscientizar as pessoas da importância. 

Dentro das empresas, essa conscientização pode ocorrer por meio de palestras informativas. Essas discussões também contribuem para outros aspectos de melhoria no clima organizacional. 

Confirmação do que foi entendido

Nem todo o mundo tem o dom do diálogo, assim como nem todo mundo consegue entender de primeira uma mensagem que foi passada. Dessa maneira, é interessante que tudo que foi entendido seja confirmado em seguida. 

No dia a dia, a troca de ideias é constante e a escuta ativa deve ser acionada a todo momento, fazendo com que não seja possível confirmar todos os mínimos detalhes, mas a ideia geral deve sim passar por essa etapa. 

Diálogo

O diálogo é, na verdade, uma consequência direta da escuta ativa. Entretanto, ele atua como etapa desse processo no momento em que o remetente original devolve para o seu interlocutor uma resposta, que atua quase que no mesmo sentido de feedback. 

Nesse cenário, todos os envolvidos devem estar cientes e de acordo (dispostos) a colocar em vigência as etapas que colocam em vigência os termos da escuta ativa dentro de uma empresa. 

Saber o que é o que é escuta ativa é algo muito importante para empresas que querem se internacionalizar, uma vez que essa já é uma estratégia recorrente em vários países que pensam nas relações de trabalho. Saiba mais sobre as melhores formas de investir na internacionalização de sua empresa através do Lingopass

Ver também:
10.6.24
Como os algoritmos podem ajudar nos processos de recrutamento e seleção?
23.5.24
A importância do inglês para profissionais de Supply Chain
8.11.23
Explorando a tecnologia blockchain: revolucionando a logística e transporte com o poder do idioma
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade