por
Lingopass
1.2.2023

Entenda o que é educação corporativa e seus benefícios e vantagens

O que é educação corporativa? Seus benefícios e como aplicar

Você já ouviu falar que a gente nunca para de estudar? Pois é, os resultados extraordinários gerados pela implementação da prática de educação corporativa em empresas de diferentes segmentos mostra que essa é uma premissa verdadeira. 

Apostar em educação corporativa é uma forma de garantir um time capacitado, motivado e engajado, fazendo com que essa empresa seja um diferencial no mercado pela prospecção de talentos criativos e pela elaboração de uma ótima cultura organizacional. 

O que é Educação Corporativa?

A resposta para o que é educação corporativa é bem simples: esta é uma prática empresarial que tem como principal função incentivar projetos de aprendizado e o compartilhamento de informações entre os colaboradores deste negócio. 

Esta ação é planejada para se alinhar em duas principais direções: desenvolvimento profissional e capacitação empresarial. Na primeira, os colaboradores aprendem como ser melhores profissionais, e na segunda, aprendem como lidar com as necessidades e os objetivos da empresa em que eles trabalham.

Por que é importante investir em Educação Corporativa?

Atualmente, é muito comum que os bons profissionais prefiram trabalhar em empresas em que seja possível investir em seu crescimento profissional. Colaboradores em ambientes que não os faça se sentir estimulados e valorizados costumam nem se esforçar no alcance do objetivo empresarial. 

Por isso, investir em educação corporativa é possibilitar que os conhecimentos dos colaboradores sejam aumentados, compartilhados e desenvolvidos. Como consequência, essa empresa terá profissionais com certa autonomia e que consigam tomar decisões de maneira assertiva e rápida. 

Quais são os benefícios da Educação Corporativa?

Há três grandes benefícios da educação corporativa que impactam diretamente no dia a dia de uma empresa e nos resultados que ela pode obter a longo prazo. Confira abaixo quais são eles:

Maior produtividade

A produtividade de uma empresa é determinada pela rapidez e pela qualidade do serviço de seus colaboradores. Assim, é visível que profissionais que saibam o que estão fazendo e que entendem para onde a empresa quer ir (baseada em seus processos) são indiscutivelmente mais produtivos. 

A educação corporativa, pensando especificamente em produtividade, também está bastante ligada à autonomia dos colaboradores. Dentro dessas corporações, os funcionários não precisam pedir permissão de seus líderes em cada decisão tomada, uma vez que eles têm maior conhecimento das diretrizes empresariais. 

Redução de turnover

O turnover é uma métrica que mede os desligamentos de uma empresa, seja por funcionários que foram mandados embora ou pelos que pediram demissão. Se essa métrica estiver elevada, quer dizer que a empresa está tendo uma alta rotatividade, e isso não é bom nem para os lucros nem para o ambiente organizacional. 

Ser uma empresa que disponibiliza educação corporativa para os profissionais significa se preocupar com a formação dessas pessoas e reconhecer a importância delas para a corporação. Por estarem em um ambiente de respeito que proporciona o crescimento intelectual e profissional, dificilmente esses colaboradores pediriam demissão ou trabalhariam de forma errada (a ponto de serem demitidas)

Profissionais engajados e motivados

Os profissionais engajados e motivados são, na verdade, uma consequência direta da redução do turnover mencionado anteriormente e os principais geradores do aumento de produtividade que a educação corporativa visa alcançar. 

Além de desempenhar melhor suas funções, esses profissionais conseguirão desenvolver uma visão de negócios fenomenal, ajudando as empresas a se destacarem no mercado e a se adaptar em situações adversas. 

Como implementar a Educação Corporativa na sua empresa?

A educação corporativa como prática empresarial é baseada em sete princípios: competitividade, perpetuidade, conectividade, disponibilidade, cidadania, parceria e sustentabilidade. Dessa forma, todas as ações de implementação de educação corporativa devem estar pautadas nesses 7 itens. 

Este também é um projeto que tem como coluna vertebral a comunicação, que precisa ser clara, objetiva e pautada no fluxo de informações para todos envolvidos na empresa, e o perfil da liderança não fica de fora nessa prática: a educação dos líderes deve ensiná-los a comandar uma equipe diversa. 

Quais são as melhores práticas de Educação Corporativa?

Treinamentos, palestras, workshops e programas de mentorias estão entre as melhores formas de aplicar a educação corporativa. Veja mais sobre cada uma delas abaixo:

Treinamentos

Os treinamentos como propagadores da educação corporativa geralmente têm um objetivo determinado. Imagine, por exemplo, que todo o design organizacional mudou e é preciso que os funcionários fiquem inteirados da novidade: o melhor caminho é o treinamento. 

Apostar em treinamentos também é bastante interessante para aqueles que acabaram de entrar na empresa, sendo essa uma das melhores maneiras de fazer com que os novos colaboradores entendam como a empresa funciona. 

Palestras

As palestras, diferente dos treinamentos, não possuem um fim determinado (apesar de geralmente tratarem de um assunto discutido). O conhecimento gerado por elas é mais amplo, podendo ser aplicado em diferentes situações da vida e do trabalho. 

As palestras não precisam ter uma data específica para acontecer, mas é interessante fazer esse evento com uma certa recorrência. O importante é que o palestrante tenha credibilidade no que ele está falando. 

Workshops

O workshop é uma espécie de oficina que também pode ter diferentes temas dentro da educação corporativa. Geralmente, os participantes aprendem com uma especialista na área que irá aprofundar em alguma questão de um assunto específico, então é bom já ter uma base de conhecimento para fazer o workshop.

Programas de mentoria

Os programas de mentoria se divergem dessas outras práticas de educação corporativa por causa da figura do mentor, que é praticamente um professor. Esse mentor irá trilhar um "caminho" que deve ser seguido pelos mentorados em busca de um determinado fim. É bem comum que as mentorias estejam aliadas a uma meta específica que o mentor irá ajudar a atingir. 

Como medir o sucesso da Educação Corporativa?

O sucesso da educação corporativa é medido pelo uso de métricas que visam analisar os benefícios que essa prática deveria gerar para a empresa. Se, por exemplo, o turnover não tiver diminuído (ou pior, tiver aumentado), este é um sinal de que a prática de educação corporativa não está funcionando. 

Para resolver esses problemas é preciso retomar aos princípios da educação corporativa e avaliar como estão sendo aplicados esses treinamentos, cursos, workshops, palestras e programas de mentoria, a fim de verificar se esses dois itens estão alinhados em prol de um só fim. 


A educação corporativa já é uma prática colocada em vigência nas maiores empresas do mundo, sendo essa, portanto, uma das necessidades básicas de empresas que queiram passar pelo processo de internacionalização. Conheça os cursos do Lingopass, e indique para sua empresa clicando aqui.

Entenda o que é educação corporativa e seus benefícios e vantagens

por
Lingopass
1.2.2023
Tempo de leitura:

O que é educação corporativa? Seus benefícios e como aplicar

Você já ouviu falar que a gente nunca para de estudar? Pois é, os resultados extraordinários gerados pela implementação da prática de educação corporativa em empresas de diferentes segmentos mostra que essa é uma premissa verdadeira. 

Apostar em educação corporativa é uma forma de garantir um time capacitado, motivado e engajado, fazendo com que essa empresa seja um diferencial no mercado pela prospecção de talentos criativos e pela elaboração de uma ótima cultura organizacional. 

O que é Educação Corporativa?

A resposta para o que é educação corporativa é bem simples: esta é uma prática empresarial que tem como principal função incentivar projetos de aprendizado e o compartilhamento de informações entre os colaboradores deste negócio. 

Esta ação é planejada para se alinhar em duas principais direções: desenvolvimento profissional e capacitação empresarial. Na primeira, os colaboradores aprendem como ser melhores profissionais, e na segunda, aprendem como lidar com as necessidades e os objetivos da empresa em que eles trabalham.

Por que é importante investir em Educação Corporativa?

Atualmente, é muito comum que os bons profissionais prefiram trabalhar em empresas em que seja possível investir em seu crescimento profissional. Colaboradores em ambientes que não os faça se sentir estimulados e valorizados costumam nem se esforçar no alcance do objetivo empresarial. 

Por isso, investir em educação corporativa é possibilitar que os conhecimentos dos colaboradores sejam aumentados, compartilhados e desenvolvidos. Como consequência, essa empresa terá profissionais com certa autonomia e que consigam tomar decisões de maneira assertiva e rápida. 

Quais são os benefícios da Educação Corporativa?

Há três grandes benefícios da educação corporativa que impactam diretamente no dia a dia de uma empresa e nos resultados que ela pode obter a longo prazo. Confira abaixo quais são eles:

Maior produtividade

A produtividade de uma empresa é determinada pela rapidez e pela qualidade do serviço de seus colaboradores. Assim, é visível que profissionais que saibam o que estão fazendo e que entendem para onde a empresa quer ir (baseada em seus processos) são indiscutivelmente mais produtivos. 

A educação corporativa, pensando especificamente em produtividade, também está bastante ligada à autonomia dos colaboradores. Dentro dessas corporações, os funcionários não precisam pedir permissão de seus líderes em cada decisão tomada, uma vez que eles têm maior conhecimento das diretrizes empresariais. 

Redução de turnover

O turnover é uma métrica que mede os desligamentos de uma empresa, seja por funcionários que foram mandados embora ou pelos que pediram demissão. Se essa métrica estiver elevada, quer dizer que a empresa está tendo uma alta rotatividade, e isso não é bom nem para os lucros nem para o ambiente organizacional. 

Ser uma empresa que disponibiliza educação corporativa para os profissionais significa se preocupar com a formação dessas pessoas e reconhecer a importância delas para a corporação. Por estarem em um ambiente de respeito que proporciona o crescimento intelectual e profissional, dificilmente esses colaboradores pediriam demissão ou trabalhariam de forma errada (a ponto de serem demitidas)

Profissionais engajados e motivados

Os profissionais engajados e motivados são, na verdade, uma consequência direta da redução do turnover mencionado anteriormente e os principais geradores do aumento de produtividade que a educação corporativa visa alcançar. 

Além de desempenhar melhor suas funções, esses profissionais conseguirão desenvolver uma visão de negócios fenomenal, ajudando as empresas a se destacarem no mercado e a se adaptar em situações adversas. 

Como implementar a Educação Corporativa na sua empresa?

A educação corporativa como prática empresarial é baseada em sete princípios: competitividade, perpetuidade, conectividade, disponibilidade, cidadania, parceria e sustentabilidade. Dessa forma, todas as ações de implementação de educação corporativa devem estar pautadas nesses 7 itens. 

Este também é um projeto que tem como coluna vertebral a comunicação, que precisa ser clara, objetiva e pautada no fluxo de informações para todos envolvidos na empresa, e o perfil da liderança não fica de fora nessa prática: a educação dos líderes deve ensiná-los a comandar uma equipe diversa. 

Quais são as melhores práticas de Educação Corporativa?

Treinamentos, palestras, workshops e programas de mentorias estão entre as melhores formas de aplicar a educação corporativa. Veja mais sobre cada uma delas abaixo:

Treinamentos

Os treinamentos como propagadores da educação corporativa geralmente têm um objetivo determinado. Imagine, por exemplo, que todo o design organizacional mudou e é preciso que os funcionários fiquem inteirados da novidade: o melhor caminho é o treinamento. 

Apostar em treinamentos também é bastante interessante para aqueles que acabaram de entrar na empresa, sendo essa uma das melhores maneiras de fazer com que os novos colaboradores entendam como a empresa funciona. 

Palestras

As palestras, diferente dos treinamentos, não possuem um fim determinado (apesar de geralmente tratarem de um assunto discutido). O conhecimento gerado por elas é mais amplo, podendo ser aplicado em diferentes situações da vida e do trabalho. 

As palestras não precisam ter uma data específica para acontecer, mas é interessante fazer esse evento com uma certa recorrência. O importante é que o palestrante tenha credibilidade no que ele está falando. 

Workshops

O workshop é uma espécie de oficina que também pode ter diferentes temas dentro da educação corporativa. Geralmente, os participantes aprendem com uma especialista na área que irá aprofundar em alguma questão de um assunto específico, então é bom já ter uma base de conhecimento para fazer o workshop.

Programas de mentoria

Os programas de mentoria se divergem dessas outras práticas de educação corporativa por causa da figura do mentor, que é praticamente um professor. Esse mentor irá trilhar um "caminho" que deve ser seguido pelos mentorados em busca de um determinado fim. É bem comum que as mentorias estejam aliadas a uma meta específica que o mentor irá ajudar a atingir. 

Como medir o sucesso da Educação Corporativa?

O sucesso da educação corporativa é medido pelo uso de métricas que visam analisar os benefícios que essa prática deveria gerar para a empresa. Se, por exemplo, o turnover não tiver diminuído (ou pior, tiver aumentado), este é um sinal de que a prática de educação corporativa não está funcionando. 

Para resolver esses problemas é preciso retomar aos princípios da educação corporativa e avaliar como estão sendo aplicados esses treinamentos, cursos, workshops, palestras e programas de mentoria, a fim de verificar se esses dois itens estão alinhados em prol de um só fim. 


A educação corporativa já é uma prática colocada em vigência nas maiores empresas do mundo, sendo essa, portanto, uma das necessidades básicas de empresas que queiram passar pelo processo de internacionalização. Conheça os cursos do Lingopass, e indique para sua empresa clicando aqui.

Ver também:
21.8.23
Lingopass + Azul: Parceria que levou 4 gestores de RH para Paris
30.6.23
BRITISH COUNCIL identifica que 5% dos brasileiros falam inglês e apenas 1% possui fluência
16.2.24
6 passos para potencializar seu negócio com uma comunidade corporativa
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade