por
Lingopass
22.12.2023

Desenvolvimento em inglês: Entenda como isso otimiza processos e resultados para equipes do Varejo

O desenvolvimento em inglês é fundamental para potencializar processos e resultados nas equipes do setor varejista. Neste texto, vamos falar como o aprimoramento das habilidades linguísticas em inglês pode influenciar positivamente a comunicação, a eficiência operacional e a colaboração internacional. Esses avanços linguísticos oferecem vantagens significativas para aprimorar o desempenho geral das equipes envolvidas no varejo, destacando a importância estratégica desse desenvolvimento para o setor.

Os dados recentemente divulgados pela instituição Education First (EF) revelam um cenário interessante sobre a proficiência em inglês no Brasil e na América Latina. Em um contexto global de avaliação de idiomas, o Brasil ocupa a 58ª posição entre 111 países, demonstrando um nível “moderado” de inglês, com uma pontuação de 505 pontos em 700. 

Aliando esse contexto às informações disponibilizadas pela Ayden no Relatório Varejo 2023, podemos notar a importância de que as equipes corporativas brasileiras continuem desenvolvendo suas habilidades de inglês, uma vez que 47% das empresas em nosso país têm planos de atingir novos mercados por meio de operações online e outros 33% têm a intenção de abrir lojas físicas em solo internacional.

Vale destacar que, dessas empresas em processo de expansão, 56% estão focadas em países anglo saxões –  35% das corporações mostram-se focadas nos Estados Unidos enquanto outras 21% têm interesse em expandir seus negócios para o Canadá.

Desenvolvimento em inglês: Entenda como isso otimiza processos e resultados para equipes do Varejo

por
Lingopass
22.12.2023
Tempo de leitura:
5 minutos

O desenvolvimento em inglês é fundamental para potencializar processos e resultados nas equipes do setor varejista. Neste texto, vamos falar como o aprimoramento das habilidades linguísticas em inglês pode influenciar positivamente a comunicação, a eficiência operacional e a colaboração internacional. Esses avanços linguísticos oferecem vantagens significativas para aprimorar o desempenho geral das equipes envolvidas no varejo, destacando a importância estratégica desse desenvolvimento para o setor.

Os dados recentemente divulgados pela instituição Education First (EF) revelam um cenário interessante sobre a proficiência em inglês no Brasil e na América Latina. Em um contexto global de avaliação de idiomas, o Brasil ocupa a 58ª posição entre 111 países, demonstrando um nível “moderado” de inglês, com uma pontuação de 505 pontos em 700. 

Aliando esse contexto às informações disponibilizadas pela Ayden no Relatório Varejo 2023, podemos notar a importância de que as equipes corporativas brasileiras continuem desenvolvendo suas habilidades de inglês, uma vez que 47% das empresas em nosso país têm planos de atingir novos mercados por meio de operações online e outros 33% têm a intenção de abrir lojas físicas em solo internacional.

Vale destacar que, dessas empresas em processo de expansão, 56% estão focadas em países anglo saxões –  35% das corporações mostram-se focadas nos Estados Unidos enquanto outras 21% têm interesse em expandir seus negócios para o Canadá.

O que é o desenvolvimento em inglês?

O desenvolvimento em inglês é o processo de aprimorar as habilidades em inglês de um indivíduo ou empresa. O Brasil, em recente pesquisa, ocupa o 55° lugar nos países de domínio da língua inglesa, algo que mostra o avanço da necessidade grande de existir um conhecimento maior sobre o idioma. Portanto, esse desenvolvimento pode ser feito por meio de cursos, aulas, treinamentos, auto estudo ou uma combinação de métodos.

O desenvolvimento em inglês pode incluir o desenvolvimento de habilidades em:

Compreensão: a capacidade de entender o inglês falado ou escrito.

Produção: a capacidade de falar ou escrever inglês de forma clara e eficaz.

Leitura: a capacidade de ler e compreender textos em inglês.

Escrita: a capacidade de escrever textos em inglês de forma clara e eficaz.

O desenvolvimento em inglês pode ser benéfico para indivíduos e empresas de várias maneiras. Para indivíduos, pode melhorar as oportunidades de emprego, expandir as oportunidades de aprendizado e ampliar a perspectiva cultural. Para empresas, pode melhorar a comunicação, a colaboração e o acesso a informações e recursos.

Existem muitos recursos disponíveis para o desenvolvimento em inglês. Os indivíduos podem encontrar cursos, aulas e treinamentos em escolas, universidades, instituições privadas e online. As empresas podem oferecer treinamento em inglês aos funcionários ou contratar uma empresa de treinamento especializada.

O desenvolvimento em inglês é um processo contínuo. À medida que os indivíduos e as empresas continuam a aprender e praticar, suas habilidades em inglês continuam a melhorar.

Quais são as formas de implementar o desenvolvimento em inglês para a sua equipe?

Implementar o desenvolvimento da equipe no contexto de um ambiente de varejo em inglês pode envolver várias estratégias. Aqui estão algumas maneiras de fazer isso:

Treinamentos Específicos: Ofereça treinamentos específicos para as necessidades da equipe no varejo. Isso pode incluir treinamento de atendimento ao cliente, técnicas de vendas, gestão de estoque, entre outros. Certifique-se de que os treinamentos estejam disponíveis em inglês e sejam adaptados ao nível de proficiência em inglês da equipe.

Material de Treinamento em Inglês: Disponibilize materiais de treinamento, manuais e recursos em inglês. Isso pode incluir manuais de produtos, vídeos de treinamento, apresentações e outros materiais relevantes para o varejo.

Aulas de Idiomas: Considere oferecer aulas de inglês para a equipe. Isso pode ser especialmente útil se a equipe não for fluentemente bilíngue. As aulas podem ser presenciais ou online, e o foco pode ser em habilidades de comunicação específicas para o ambiente de varejo.

Simulações e Role-playing: Realize simulações e atividades de role-playing em inglês. Isso pode ajudar a equipe a praticar as habilidades aprendidas em situações do dia a dia, como interações com clientes, negociações de vendas, etc.

Programas de Mentoria: Estabeleça programas de mentoria onde membros mais experientes da equipe possam orientar outros em inglês. Isso não apenas promove o desenvolvimento das habilidades linguísticas, mas também ajuda na transferência de conhecimento prático.

Feedback Construtivo em Inglês: Forneça feedback construtivo em inglês sobre o desempenho da equipe. Isso ajuda os membros da equipe a entenderem suas áreas de melhoria e aprimorarem suas habilidades.

Eventos de Desenvolvimento Profissional: Participe de eventos de desenvolvimento profissional em inglês. Isso pode incluir conferências, workshops e seminários relacionados ao varejo, onde a equipe pode aprender com especialistas da indústria e expandir suas redes profissionais.

Certificações e Reconhecimento: Incentive a busca por certificações relevantes para o varejo em inglês. Isso pode motivar a equipe a se aprimorar e oferecer um reconhecimento formal de suas habilidades.

Ferramentas de Aprendizado Online: Utilize plataformas de aprendizado online que oferecem cursos de desenvolvimento em inglês. Existem muitos recursos disponíveis, desde cursos específicos de varejo até aprimoramento de habilidades linguísticas.

Avaliações de Desempenho: Realize avaliações de desempenho regulares em inglês. Isso permite que os membros da equipe compreendam suas metas, recebam feedback e identifiquem áreas para desenvolvimento contínuo.

Ao implementar essas estratégias, é importante adaptar as abordagens ao nível de proficiência em inglês da equipe e garantir que o desenvolvimento esteja alinhado com as metas e objetivos organizacionais.

Como o desenvolvimento em inglês pode otimizar processos e resultados para as equipes de varejo?

O desenvolvimento em inglês pode otimizar processos e resultados para as equipes de varejo de várias maneiras. Confira quais são:

Melhora da comunicação: O inglês é a língua franca do varejo global. Ao desenvolver suas habilidades em inglês, as equipes de varejo podem se comunicar de forma mais eficaz com clientes, fornecedores e parceiros internacionais. Isso pode levar a uma melhor compreensão das necessidades dos clientes, à identificação de novas oportunidades de negócios e à construção de relacionamentos mais fortes.

Aprimoramento da colaboração: O inglês é a língua de escolha para muitos eventos e conferências do setor varejista. Ao desenvolver suas habilidades em inglês, as equipes de varejo podem participar mais ativamente desses eventos e colaborar com profissionais de todo o mundo. Isso pode levar a uma troca de ideias mais rica, ao desenvolvimento de novas soluções e à melhoria da competitividade.

Acesso a informações e recursos: O inglês é a língua em que a maioria das informações e recursos do varejo estão disponíveis. Ao desenvolver suas habilidades em inglês, as equipes de varejo podem acessar essas informações e recursos com mais facilidade. Isso pode levar a uma tomada de decisões mais informada, ao desenvolvimento de estratégias mais eficazes e ao aprimoramento do desempenho.

Uso do Blockchain: O Brasil tem se destacado no uso dessa nova ferramenta que traz o rastreamento de produtos em tempo real e diminuição das fraudes, são alguns pontos interessantes do BlockChain. Portanto, existir um movimento de aprendizado da língua inglesa para que essa comunicação seja cada vez mais eficaz e limpa é um dos pontos mais necessários em uma empresa no varejo.

CrossDocking: Com o avanço do varejo para um mercado internacional, o idioma inglês começa a se tornar imprescindível, pois com o uso mais constante de CrossDocking, os colaboradores precisam estar sempre em comunicação de negociação com fornecedores ao redor do mundo.

A seguir, alguns exemplos específicos de como o desenvolvimento em inglês pode otimizar processos e resultados para as equipes de varejo:

Um varejista pode usar o inglês para se comunicar com clientes estrangeiros que visitam sua loja ou site. Isso pode ajudar a garantir que esses clientes tenham uma experiência positiva e que sejam capazes de encontrar o que precisam.

Um varejista pode usar o inglês para participar de um evento internacional do setor varejista. Isso pode ajudar o varejista a aprender sobre as últimas tendências e práticas do varejo global.

Um varejista pode usar o inglês para acessar informações e recursos sobre marketing digital. Isso pode ajudar o varejista a desenvolver estratégias de marketing mais eficazes que alcancem um público global.

Em resumo, o desenvolvimento em inglês pode ser uma ferramenta valiosa para as equipes de varejo que buscam melhorar seus processos e resultados.

Outros benefícios do desenvolvimento em inglês

Além dos benefícios específicos para as equipes de varejo, o desenvolvimento em inglês também pode trazer outros benefícios para indivíduos e empresas, incluindo:

Melhora das oportunidades de emprego: O inglês é uma habilidade altamente valorizada no mercado de trabalho. Os candidatos que falam inglês fluentemente têm mais chances de conseguir um emprego, receber um salário mais alto e progredir na carreira.

Expansão de oportunidades de aprendizado: O inglês é a língua em que a maioria dos recursos educacionais e de treinamento estão disponíveis. Ao desenvolver suas habilidades em inglês, os indivíduos podem acessar mais informações e oportunidades de aprendizado, o que pode levar a um melhor desenvolvimento pessoal e profissional.

Ampliação da perspectiva cultural: O inglês é a língua franca de muitas culturas diferentes. Ao aprender inglês, os indivíduos podem se conectar com pessoas de todo o mundo e aprender sobre diferentes culturas. Isso pode levar a uma maior compreensão e tolerância cultural.

Para ter mais conhecimentos de como fazer um desenvolvimento em inglês dentro da sua empresa no varejo, venha com o Lingopass para que possamos te auxiliar nesse processo!

Ver também:
22.12.23
Desenvolvimento em inglês: Entenda como isso otimiza processos e resultados para equipes do Varejo
15.12.23
A transformação do Varejo com Machine Learning e o papel fundamental do inglês na equipe
8.12.23
Customer Centric e fidelização de clientes: conheça as boas práticas para o setor de varejo
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade