por
Lingopass
5.9.2022

Conheça a técnica de análise transacional

Técnicas comportamentais ajudam a cada vez mais compreender o comportamento humano nas diversas áreas de atuação, independente dos aspectos individuais ou coletivos, para isso serve a análise transacional.

A análise transacional é uma abordagem psicológica poderosa que oferece insights profundos sobre a dinâmica das relações interpessoais e os processos mentais. Essa técnica, desenvolvida por Eric Berne, tem sido amplamente utilizada na psicoterapia, no coaching e até mesmo no ambiente corporativo.

Acompanhe, a seguir, a oportunidade de conhecer mais sobre a técnica de análise transacional, descobrindo como ela pode ajudar a melhorar a comunicação, os relacionamentos e promover um maior autoconhecimento.

A análise transacional – ou Transactional Analysis – é um estudo da psicologia criada e desenvolvida em 1956 pelo psiquiatra Eric Berne. Tem como objetivo analisar trocas de estímulos e respostas, ou transações entre indivíduos. De acordo com os estudos, os pressupostos básicos foram definidos da seguinte forma:

  • Todos nascemos com potencial para viver, pensar, desfrutar;
  • Todas as doenças são curáveis, desde que se encontre a abordagem adequada.

Através dessas premissas é possível determinar a diferença entre caráter e personalidade. O caráter se associa ao comportamento interno (lealdade, passividade e atividade), enquanto a personalidade é desenvolvida por meio da educação e sociedade, ou seja, informações externas que constroem o ser humano. Por exemplo, ideais políticos, conceito de cultura, método de criação dos pais e etc, porém, essa formação poderão ser mutáveis por fatores de independência e pensamento individual a partir do autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

Importante ressaltar que, o autoconhecimento gera autonomia, o que serve como base de estudo para análise transacional, visto que as pessoas são capazes de decidir o que desejam para suas vidas e produzir as mudanças necessárias, gerando impacto ao imediatismo. Ou seja, busca de informações em um curto espaço-tempo, relações baseadas no agora, com eficácia na comunicação direta.

De acordo com os analistas especializados em Análise Transacional, o ser humano carrega dentro de si a capacidade criativa que alinhado à produtividade identifica os comportamentos funcionais e disfuncionais, a fim de compreender as consequências dessas relações interpessoais a partir dos Estados de Ego PAC (Pai, Adulto e Criança).

Dentro do desenvolvimento organizacional, a análise transacional atua de maneira eficaz, uma vez que os resultados refletem no aumento de produtividade da equipe e também na diminuição de custos de processos. Para o colaborador, é uma possibilidade de desenvolver o autoconhecimento, afinal, saber sobre si mesmo é um dos alicerces para o sucesso.

Ao redor das vivências e convivências, a análise transacional converte o papel do ser humano acerca das relações interpessoais. Visto que nas organizações o conceito de gestão de pessoas permite a troca de conceitos, ideias e opiniões que são fundamentais para o crescimento de todos. Os conceitos básicos da análise transacional são:

  • Teoria contratual;
  • A estrutura da personalidade: Pai, Adulto e Criança e suas funções (conforme esquema acima);
  • Transações;
  • Posições Existenciais;
  • Jogos Psicológicos;
  • Reconhecimento;
  • Estruturação do tempo social;
  • Os padrões emocionais: as emoções naturais e as aprendidas;
  • Script de vida: são decisões que dirigem as escolhas das pessoas;
  • Autonomia: as escolhas conscientes e as produtivas.

Contudo, é necessário que seja difundido o autoconhecimento entre colaboradores e sociedade como um todo, pois o impacto positivo consistirá na autonomia individual, empatia, transparência não somente de si, mas do próximo, direta ou indiretamente. Melhorando as suas relações. E como consequência, influenciar o seu entorno a alcançarem o que elas têm de melhor também.

Conheça a técnica de análise transacional

por
Lingopass
5.9.2022
Tempo de leitura:
5 minutos

Técnicas comportamentais ajudam a cada vez mais compreender o comportamento humano nas diversas áreas de atuação, independente dos aspectos individuais ou coletivos, para isso serve a análise transacional.

A análise transacional é uma abordagem psicológica poderosa que oferece insights profundos sobre a dinâmica das relações interpessoais e os processos mentais. Essa técnica, desenvolvida por Eric Berne, tem sido amplamente utilizada na psicoterapia, no coaching e até mesmo no ambiente corporativo.

Acompanhe, a seguir, a oportunidade de conhecer mais sobre a técnica de análise transacional, descobrindo como ela pode ajudar a melhorar a comunicação, os relacionamentos e promover um maior autoconhecimento.

A análise transacional – ou Transactional Analysis – é um estudo da psicologia criada e desenvolvida em 1956 pelo psiquiatra Eric Berne. Tem como objetivo analisar trocas de estímulos e respostas, ou transações entre indivíduos. De acordo com os estudos, os pressupostos básicos foram definidos da seguinte forma:

  • Todos nascemos com potencial para viver, pensar, desfrutar;
  • Todas as doenças são curáveis, desde que se encontre a abordagem adequada.

Através dessas premissas é possível determinar a diferença entre caráter e personalidade. O caráter se associa ao comportamento interno (lealdade, passividade e atividade), enquanto a personalidade é desenvolvida por meio da educação e sociedade, ou seja, informações externas que constroem o ser humano. Por exemplo, ideais políticos, conceito de cultura, método de criação dos pais e etc, porém, essa formação poderão ser mutáveis por fatores de independência e pensamento individual a partir do autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

Importante ressaltar que, o autoconhecimento gera autonomia, o que serve como base de estudo para análise transacional, visto que as pessoas são capazes de decidir o que desejam para suas vidas e produzir as mudanças necessárias, gerando impacto ao imediatismo. Ou seja, busca de informações em um curto espaço-tempo, relações baseadas no agora, com eficácia na comunicação direta.

De acordo com os analistas especializados em Análise Transacional, o ser humano carrega dentro de si a capacidade criativa que alinhado à produtividade identifica os comportamentos funcionais e disfuncionais, a fim de compreender as consequências dessas relações interpessoais a partir dos Estados de Ego PAC (Pai, Adulto e Criança).

Dentro do desenvolvimento organizacional, a análise transacional atua de maneira eficaz, uma vez que os resultados refletem no aumento de produtividade da equipe e também na diminuição de custos de processos. Para o colaborador, é uma possibilidade de desenvolver o autoconhecimento, afinal, saber sobre si mesmo é um dos alicerces para o sucesso.

Ao redor das vivências e convivências, a análise transacional converte o papel do ser humano acerca das relações interpessoais. Visto que nas organizações o conceito de gestão de pessoas permite a troca de conceitos, ideias e opiniões que são fundamentais para o crescimento de todos. Os conceitos básicos da análise transacional são:

  • Teoria contratual;
  • A estrutura da personalidade: Pai, Adulto e Criança e suas funções (conforme esquema acima);
  • Transações;
  • Posições Existenciais;
  • Jogos Psicológicos;
  • Reconhecimento;
  • Estruturação do tempo social;
  • Os padrões emocionais: as emoções naturais e as aprendidas;
  • Script de vida: são decisões que dirigem as escolhas das pessoas;
  • Autonomia: as escolhas conscientes e as produtivas.

Contudo, é necessário que seja difundido o autoconhecimento entre colaboradores e sociedade como um todo, pois o impacto positivo consistirá na autonomia individual, empatia, transparência não somente de si, mas do próximo, direta ou indiretamente. Melhorando as suas relações. E como consequência, influenciar o seu entorno a alcançarem o que elas têm de melhor também.

Aprendizagem Singular: criando valor de forma ágil e consistente

As mudanças são constantes e temos plena ciência destas transformações: Porém, o quão estamos preparados para enfrentar tais evoluções? O quão dedicação de tempo estamos investindo em autocuidado, autoconhecimento para assim sermos melhores e constantes nessas evoluções? Para isso, é imprescindível criar abordagens e estratégias de capacitação, fomentando habilidades comportamentais e técnicas, amplificar inovações e transformar a realidade ao seu redor.

A aprendizagem singular permeia por um aprendizado livre do tradicionalismo, respeitando o tempo e habilidade de raciocínio, pois estará livre de pressões onde o ensino e aproveitamento ocorrem de forma orgânica. Aprender num meio que minimiza os efeitos indesejados dos estereótipos contribui para a descoberta e o desabrochar da personalidade e permite ampliar as preferências e saídas profissionais independente da área de atuação ou mercado de trabalho.

Construindo tais habilidades, surge uma metodologia de trabalho que se resume na entrega de atividades no menor tempo possível, de acordo com o planejamento pré-estabelecido pelo time, assim, revolucionando o mindset individual e coletivo. A metodologia ágil anda em conjunto aos objetivos reais, claros e simples. O aprendizado acontece de forma homogênea, com organização e planejamento de maneira fluida.

Em contrapartida, em casos de reportes de erros, a mentalidade ágil enxerga nos ciclos curtos a oportunidade de identificar os erros mais facilmente, assumindo a responsabilidade, abordando estratégias para mitigá-lo e corrigi-lo em curto prazo.

Análise Transacional: Desvendando as Relações Interpessoais

As relações interpessoais desempenham um papel fundamental em nossa vida diária, influenciando nossa felicidade, satisfação e sucesso pessoal e profissional. No entanto, muitas vezes, essas relações podem ser complexas e desafiadoras, resultando em conflitos, mal-entendidos e dificuldades de comunicação. É nesse contexto que a Análise Transacional se destaca como uma abordagem poderosa para compreender e melhorar as dinâmicas interpessoais.

Na Análise Transacional, as interações entre as pessoas são chamadas de transações. Existem três tipos principais de transações: complementares, cruzadas e ulteriores. As transações complementares são aquelas em que as pessoas respondem conforme o estado do ego do outro, resultando em uma comunicação harmoniosa.

Por outro lado, as transações cruzadas ocorrem quando há uma discrepância entre os estados do ego, levando a mal-entendidos e conflitos. Já as transações ulteriores são desvios da comunicação direta, onde há uma mudança de assunto sutil ou implícita.

A Análise Transacional oferece uma série de ferramentas práticas para melhorar as relações interpessoais. Ao reconhecer e compreender os diferentes estados do ego em si e nos outros, é possível desenvolver uma maior consciência de como nos comunicamos e interagimos. Isso nos permite escolher respostas mais construtivas, melhorar a comunicação e evitar jogos psicológicos prejudiciais.

A Técnica de Análise Transacional: Explorando os Estados do Ego

A Análise Transacional é uma abordagem psicológica que oferece uma compreensão profunda das dinâmicas interpessoais e das emoções humanas através da exploração dos estados do ego.

A seguir, vamos entender a técnica de Análise Transacional, concentrando-nos nos diferentes estados do ego – Pai, Adulto e Criança – e descobrir como essa técnica pode melhorar nossa comunicação e relacionamentos.

Estado do Ego Pai

O estado do ego Pai é formado pelas vozes interiores de nossos pais, figuras de autoridade e influências sociais. Esse estado do ego é responsável por transmitir crenças, valores, regras e críticas.

Ao explorar o estado do ego Pai, podemos identificar os padrões de comportamento adquiridos e questionar se eles são realmente úteis e saudáveis. É essencial desenvolver a consciência de como o estado do ego Pai influencia nossas ações e como nos relacionamos com os outros.

Estado do Ego Adulto

O estado do ego Adulto é o nosso eu racional e objetivo. É o estado em que tomamos decisões com base em fatos e informações. Quando operamos a partir desse estado do ego, somos capazes de analisar situações de forma imparcial, tomar decisões bem fundamentadas e responder de maneira adequada.

Com o estado do ego Adulto, podemos conseguimos nossa capacidade de comunicação assertiva e de estabelecer relacionamentos saudáveis.

Estado do Ego Criança

O estado do ego Criança representa nosso eu emocional, moldado pelas experiências e sentimentos vivenciados na infância. É nesse estado que expressamos nossas emoções e buscamos satisfação pessoal.

Analisando o estado do ego Criança,é possível identificar as necessidades emocionais não atendidas e os padrões de comportamento relacionados. Com essa consciência, podemos trabalhar para satisfazer nossas necessidades emocionais de forma saudável e evitar respostas emocionais desproporcionais ou imaturas.

Saúde na sua plenitude

Os conceitos mencionados acima assumem um papel importante no desenvolvimento do ser humano. Entretanto, atenção aos efeitos em excesso das atividades provocadas pela rotina. Estar atento e desenvolver a análise transacional promove inteligência emocional que está diretamente ligada ao sucesso pessoal, profissional, nas relações interpessoais e automotivação diante das adversidades.

Na saúde física e mental, o planejamento e autogestão melhoram o pensamento crítico e raciocínio lógico alinhados ao bem estar, como consequência, conseguem assumir o controle sobre as suas emoções. O resultado? Possibilidade de alcance dos objetivos e propósitos estabelecidos. Algumas das atividades que pode ajudar na organização do dia, semana, mês ou da melhor forma em que se adaptar:

  • Delimite as tarefas;
  • Invista em treinamentos;
  • Delegue funções;
  • Crie um cronograma;
  • Faça acompanhamento de planejamento;
  • Invista em cuidado com a saúde mental;
  • Invista na prática de exercícios;
  • Invista em tecnologia que otimize o tempo;
  • Aceite sugestões de mudanças.

Assim, a realização plena é mais fácil e rápida de ser conquistada. Afinal, evoluir é uma transformação constante e que leva tempo, mas se apaixonar pelo processo é a prova da melhor versão de si.

Agora que você já sabe o que é análise transacional, empodere seu time com as soluções que o Lingopass tem para o seu negócio. Contate-nos!

Ver também:
9.3.21
Lingotalks #5: línguas estrangeiras são passaporte para a liberdade, humildade e conhecimento
12.4.21
Lingotalks #8: o aprendizado de diversos idiomas para além do escopo do mundo corporativo
14.2.21
Lingotalks #3: o inglês como oportunidade em carreiras de tecnologia
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade