por
Lingopass
23.5.2024

A importância do inglês para profissionais de Supply Chain

Com a globalização e a transformação digital acelerada, o uso de termos em inglês tornou-se uma prática comum no mundo corporativo, principalmente entre os níveis gerenciais médio e superior. 

Isso é ainda mais evidente na área de supply chain, onde termos como inventory”, “procurement”, “supplier”, “warehousing”, “freight”, “shipment” são frequentemente utilizados. Muitas dessas práticas surgiram ou foram amplamente adotadas em ambientes de língua inglesa, tornando o domínio do inglês uma habilidade essencial para os profissionais dessa área.

A cadeia de suprimentos, ou supply chain, é um conjunto de processos cruciais para a produção e distribuição de produtos, desde a obtenção de matérias-primas até a entrega ao consumidor final. Atividades como planejamento, aquisição, produção, armazenamento, transporte e gestão de estoque são fundamentais para a eficiência e competitividade das empresas, especialmente em um mercado globalizado.

Desafios de qualificação em logística no Brasil

A Associação Brasileira de Logística (Aslog) aponta que a profissão no Brasil ainda não amadureceu como deveria. Um estudo recente da ManpowerGroup revelou que 81% dos empregadores brasileiros enfrentam dificuldades para encontrar trabalhadores com as qualificações necessárias, colocando o Brasil como o nono país com maior falta de profissionais qualificados entre 40 nações analisadas. Especificamente na área de logística, os resultados apontam algumas competências e habilidades escassas entre os profissionais, entre elas a proficiência em idiomas, especialmente inglês. 

Com a globalização, a capacidade de se comunicar em inglês é essencial para coordenar operações logísticas internacionais, negociar com fornecedores e clientes estrangeiros, e interpretar documentação técnica em inglês. Equipamentos mais sofisticados e eficientes exigem profissionais que possam se atualizar continuamente e compreender a importância estratégica dos processos logísticos. Por necessidade, muitos profissionais acabam desenvolvendo suas habilidades no próprio ambiente de trabalho, sem complementação formal de estudos, resultando em lacunas e gaps principalmente na fala.

A importância do inglês para profissionais de Supply Chain

por
Lingopass
23.5.2024
Tempo de leitura:
6 minutos

Com a globalização e a transformação digital acelerada, o uso de termos em inglês tornou-se uma prática comum no mundo corporativo, principalmente entre os níveis gerenciais médio e superior. 

Isso é ainda mais evidente na área de supply chain, onde termos como inventory”, “procurement”, “supplier”, “warehousing”, “freight”, “shipment” são frequentemente utilizados. Muitas dessas práticas surgiram ou foram amplamente adotadas em ambientes de língua inglesa, tornando o domínio do inglês uma habilidade essencial para os profissionais dessa área.

A cadeia de suprimentos, ou supply chain, é um conjunto de processos cruciais para a produção e distribuição de produtos, desde a obtenção de matérias-primas até a entrega ao consumidor final. Atividades como planejamento, aquisição, produção, armazenamento, transporte e gestão de estoque são fundamentais para a eficiência e competitividade das empresas, especialmente em um mercado globalizado.

Desafios de qualificação em logística no Brasil

A Associação Brasileira de Logística (Aslog) aponta que a profissão no Brasil ainda não amadureceu como deveria. Um estudo recente da ManpowerGroup revelou que 81% dos empregadores brasileiros enfrentam dificuldades para encontrar trabalhadores com as qualificações necessárias, colocando o Brasil como o nono país com maior falta de profissionais qualificados entre 40 nações analisadas. Especificamente na área de logística, os resultados apontam algumas competências e habilidades escassas entre os profissionais, entre elas a proficiência em idiomas, especialmente inglês. 

Com a globalização, a capacidade de se comunicar em inglês é essencial para coordenar operações logísticas internacionais, negociar com fornecedores e clientes estrangeiros, e interpretar documentação técnica em inglês. Equipamentos mais sofisticados e eficientes exigem profissionais que possam se atualizar continuamente e compreender a importância estratégica dos processos logísticos. Por necessidade, muitos profissionais acabam desenvolvendo suas habilidades no próprio ambiente de trabalho, sem complementação formal de estudos, resultando em lacunas e gaps principalmente na fala.

Mercado de Supply Chain no Brasil 

Para entender a dimensão do mercado de supply chain no Brasil, a Associação Brasileira de Logística (Aslog) estima que esse setor movimenta cerca de R$ 1 trilhão anualmente, empregando milhões de profissionais. Empresas multinacionais que são referência na área de supply chain no Brasil incluem Nestlé, Unilever, Procter & Gamble (P&G), Johnson & Johnson, Ambev, BASF, Siemens, General Electric (GE), Cargill e Ford.

Essas empresas adotam padrões globais e exigem que seus profissionais estejam capacitados para se comunicar em inglês, garantindo a eficiência e a integração de suas operações internacionais. Investem, em especial, nos profissionais que mais necessitam do inglês para desempenhar suas funções com eficiência:

Operadores de máquina: precisam entender manuais de equipamentos, muitos dos quais estão em inglês.

Técnicos de qualidade: devem compreender normas e regulamentos internacionais, frequentemente redigidos em inglês.

Gerentes de logística: necessitam se comunicar com fornecedores e clientes internacionais, coordenar operações e resolver problemas em tempo real.

Engenheiros de produção: precisam estar atualizados com as inovações tecnológicas e práticas de eficiência, muitas vezes documentadas em inglês.

Analistas de Supply Chain: necessitam interpretar dados e relatórios de performance globais, geralmente em inglês.

Benefícios do inglês para profissionais de Supply Chain

Investir na capacitação em inglês para profissionais de supply chain traz inúmeros benefícios para as empresas. 

1. Primeiramente, permite uma comunicação eficiente com fornecedores e parceiros globais, facilitando o compartilhamento de informações precisas sobre demanda, estoques, lead times e outros dados cruciais para o planejamento da cadeia de suprimentos.

2. Além disso, o acesso a informações e melhores práticas globais é amplamente facilitado. Grande parte do conhecimento e das melhores práticas em gestão de demanda e supply chain são documentados e compartilhados em inglês. Profissionais fluentes podem acessar esses recursos, mantendo-se atualizados com as últimas tendências e metodologias.

3. Outro ponto importante é a integração com sistemas e softwares globais. Muitos sistemas de gestão de demanda, ERP e softwares de supply chain utilizados por empresas multinacionais têm interface e documentação em inglês. Profissionais capacitados podem operar esses sistemas com mais eficiência.

5. A participação em treinamentos e certificações internacionais também é um grande diferencial. Programas de treinamento, workshops e certificações reconhecidas globalmente em supply chain e gestão de demanda são frequentemente ministrados em inglês. O domínio do idioma permite o acesso a essas oportunidades de desenvolvimento profissional.

6. Finalmente, a comunicação interna em empresas globais é facilitada. Em empresas multinacionais, o inglês é frequentemente o idioma utilizado para comunicação interna, especialmente em níveis gerenciais. Profissionais fluentes podem se comunicar melhor com equipes globais de planejamento de demanda e supply chain, promovendo uma cultura inclusiva e estratégica dentro das empresas.

Para concluir… “Empower your talents”

Para atender a essas necessidades, programas de capacitação em inglês adaptados às necessidades práticas das empresas de supply chain têm se mostrado eficazes em diversos setores, incluindo energia e tecnologia. Esses programas impactam positivamente os profissionais, suas famílias e comunidades, promovendo inclusão e reconhecimento. Um exemplo é o programa "Empower Your Talents" do Lingopass, que oferece soluções personalizadas de aprendizado de inglês para profissionais de logística, com foco nas habilidades específicas necessárias para cada função e setor.

Ver também:
19.6.24
Confira as principais dificuldades na integração de diferentes equipes de logística pelo mundo
19.6.24
Saiba escolher um programa de idiomas perfeito para equipes de desenvolvimento e tecnologia
14.6.24
Comunicação multicultural está entre as principais estratégias para o crescimento de grandes empresas
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade