por
Lingopass
27.3.2023

People Analytics: o que é e quais as vantagens de aplicar no RH

O que é People Analytics? Entenda os benefícios e como aplicar na sua empresa

Você sabia que estatística, análise de dados, inteligência artificial e experiência podem ser combinados para tornar a gestão de pessoas da sua empresa mais estratégica? Com o People Analytics, o RH pode usar dados para orientar decisões e executar gerenciamento baseado em fatos.

Mas, no final das contas, o que é análise de pessoas? Por que essa ferramenta está ganhando popularidade no mundo do RH? Neste artigo, explicamos tudo o que você precisa saber sobre esse método para começar a implementá-lo em sua empresa. Então, vamos lá!

O que é People Analytics?

A análise de pessoas, também chamada de People Analytics ou análise de RH, é uma abordagem baseada em dados que tem como objetivo coletar, organizar e interpretar informações sobre as equipes de uma empresa. Para isso, são utilizados softwares que integram dados de diversas fontes, permitindo um gerenciamento mais eficiente dos recursos humanos.

Essa técnica, que também é conhecida como análise de talentos, permite que gestores e líderes tomem decisões mais informadas sobre seus funcionários e equipe de trabalho. Ao usar a People Analytics, fatores como engajamento, produtividade e satisfação dos funcionários de uma empresa podem ser monitorados de perto imediatamente.

Por que as empresas estão adotando People Analytics?

O People Analytics é uma ferramenta criada para aperfeiçoar a administração de recursos humanos em todos os estágios da trajetória do funcionário. Isso significa que ela pode ser aplicada em diversas áreas de Recursos Humanos, tornando o setor mais eficiente e fundamentando as decisões. 

Abaixo, mencionamos algumas das principais funções em que a ferramenta pode ser usada.

Gestão de pessoas

O uso da análise de dados pode trazer benefícios significativos para a gestão de pessoas, como melhorar o desempenho da equipe e melhorar o clima organizacional. Além disso, essa abordagem pode identificar padrões comuns entre profissionais de alto desempenho e fatores que impactam positivamente a produtividade.

Outro ponto forte do People Analytics é que ele pode ser combinado com pesquisas de clima, que permitem mensurar a percepção dos funcionários sobre o ambiente de trabalho. Com isso, o RH pode identificar eventuais conflitos e desenvolver planos de ação mais eficazes para melhorar o engajamento e a motivação da equipe.

Retenção de talentos

Ter um conhecimento mais detalhado dos colaboradores também contribui para a retenção de talentos, reduzindo as taxas de rotatividade e os custos associados à contratação de novos funcionários. Dessa forma, a análise de dados pode ser empregada para compreender as principais razões por trás das saídas e desenvolver estratégias efetivas para evitá-las.

Recrutamento e seleção

Ao analisar sua equipe atual de funcionários com base em diferentes variáveis, é viável identificar habilidades e traços fundamentais para estabelecer um perfil de "candidato ideal" e, desse modo, aprimorar os processos de recrutamento. Por meio do uso do People Analytics, torna-se possível tornar esses processos mais eficientes e eficazes, permitindo a criação de filtros que agilizam o trabalho do departamento de recursos humanos. Isso possibilita uma seleção mais direcionada e pertinente, resultando em uma economia de tempo significativa para o RH.

Treinamento e desenvolvimento de pessoas

Por fim, o emprego do People Analytics é uma ferramenta valiosa para detectar áreas que precisam de aprimoramento e falhas em equipes, possibilitando que o setor de recursos humanos desenvolvam programas de capacitação e desenvolvimento mais efetivos. Com base nas informações coletadas pela ferramenta, é possível criar cronogramas de treinamento mais direcionados e adaptados às necessidades específicas de cada equipe, resultando em uma melhora na performance geral e valorização dos profissionais envolvidos.

Como People Analytics pode ajudar a melhorar a produtividade?

A principal vantagem de aplicar o People Analytics na administração de recursos humanos é a capacidade de fundamentar as decisões com dados e informações precisas. Antes do compartilhamento desse método, os profissionais de RH fundamentam suas ações em duas principais fontes: a experiência adquirida e o feeling. Embora a experiência seja valiosa, o feeling não possui fundamentos concretos e pode ser influenciado por preconceitos e suposições infundadas.

Com o uso do People Analytics, as equipes de RH são capazes de complementar sua experiência com dados e informações objetivas, reduzindo a probabilidade de erros e aumentando a eficiência. Assim sendo, a ferramenta oferece diversos benefícios para a empresa, tais como maior controle na gestão de recursos humanos, análises fundamentadas em dados internos reais, otimização dos recursos financeiros, redução de erros, aprimoramento do desempenho do setor de RH e uma administração mais estratégica e embasada. 

Como os dados de People Analytics podem ser usados para tomar decisões estratégicas?

Usar a análise de pessoas na gestão de pessoas pode ter um impacto significativo em uma organização. Um artigo da Fast Company apresenta um caso da Nielsen que descobriu que uma redução de 1% na rotatividade de funcionários poderia economizar até US$ 5 milhões em custos para a empresa. Além disso, a mobilidade interna foi identificada como um fator de retenção, o que levou a empresa a instituir um programa de contratação interna e economizar US$ 10 milhões em apenas oito meses.

O Credit Suisse é outro exemplo citado, que conseguiu prever quem poderia deixar a empresa e identificar os motivos da saída, possibilitando a redução dos fatores de risco de turnover e economizando US$ 70 milhões por ano. Ainda assim, dados da Bain & Company abordados pelo blog da Runrun It mostram que apenas 4% das empresas utilizam recursos de análise de pessoas, apesar dos benefícios evidentes, como margens de lucro 56% mais altas e um retorno 22% maior sobre os ativos. 

Portanto, investir em People Analytics não só traz vantagens para a gestão de pessoas e para a empresa, mas também pode ser um diferencial competitivo no mercado.

Quais são as principais tendências de People Analytics?

O potencial do People Analytics para o futuro é promissor, especialmente com o surgimento de novas tecnologias, como machine learning e inteligência artificial, nas empresas. No entanto, as tendências futuras vão além disso. 

Escolhemos algumas das tendências mais relevantes a serem acompanhadas nos próximos anos no que se refere à implementação do People Analytics.

Veja abaixo:

People Analytics em tempo real

Tradicionalmente definida, a análise da força de trabalho é um processo consultivo que avalia com eficácia áreas-chave em relação às necessidades de uma organização. Para fazer isso, faça perguntas, entreviste pessoas, colete e processe dados e, finalmente, prepare um relatório.

No entanto, em um ambiente de trabalho altamente complexo como o de hoje, esforços isolados podem não ser suficientes para atender às metas estabelecidas. Portanto, o feedback regular de candidatos, funcionários, líderes e outras partes interessadas em tempo real é fundamental.

Portanto, há uma tendência crescente de monitorar continuamente as preferências dos funcionários, níveis de engajamento e outros detalhes, a fim de identificar problemas potenciais e oportunidades de melhoria em tempo hábil.

Foco maior na produtividade

O futuro do People Analytics revelará novas maneiras de aumentar a produtividade, identificando as principais características dos funcionários de alto desempenho e criando ambientes de trabalho que promovam essas qualidades. Além disso, ao identificar precisamente as habilidades necessárias para cada função, ajuda a recrutar com mais eficiência.

Análise da Rede Organizacional

É uma tendência crescente e uma abordagem mais holística da análise da força de trabalho. Consiste na avaliação de grupos específicos, equipes e redes organizacionais mais amplas, ao invés de apenas funcionários individuais.

Transparência fundamental

Você não pode discutir a análise de pessoas sem mencionar brevemente o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR). Desde que entrou em vigor em maio de 2018, o GDPR trouxe alguns desenvolvimentos positivos, incluindo transparência no compartilhamento de dados.Atualmente, a coleta, análise e uso de dados pessoais estão sob escrutínio legal.

Isso significa que, nos próximos anos, para atender aos requisitos regulatórios e garantir a privacidade e a segurança dos dados, as soluções de análise de dados pessoais precisarão integrar as funções de conformidade, avaliação e gerenciamento do GDPR. 

Machine Learning e Inteligência Artificial

Com avanços em novos algoritmos, a qualidade dos sistemas analíticos permitirá a descoberta de dados antes não visualizáveis. Nisso, os departamentos de RH poderão investigar até mesmo padrões de atrito profissional e prevendo a performance e rotatividade dos colaboradores. Outras análises relacionadas à produtividade dos profissionais também se tornaram possíveis.

Tudo isso permitirá um processo de recrutamento e seleção mais granular, analisando dados internos e externos, como a rede social do candidato. Isso possibilita a criação de perfis precisos, considerando singularidades, padrões de comportamento, valores, habilidades interpessoais e outras questões, evitando assim a contratação de profissionais inadequados que eram contratados apenas por suas habilidades técnicas.

O Lingopass, uma plataforma de treinamento multicanal e multilíngue com foco no mercado corporativo e educacional. A plataforma está disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana e combina pedagogia, coaching e tecnologia para oferecer diversas formas de aprendizado que se adaptam à personalidade do aluno, solucionando problemas de engajamento e conclusão de cursos. 

Para obter mais informações sobre people analytics e sobre a empresa, clique aqui.

People Analytics: o que é e quais as vantagens de aplicar no RH

por
Lingopass
27.3.2023
Tempo de leitura:

O que é People Analytics? Entenda os benefícios e como aplicar na sua empresa

Você sabia que estatística, análise de dados, inteligência artificial e experiência podem ser combinados para tornar a gestão de pessoas da sua empresa mais estratégica? Com o People Analytics, o RH pode usar dados para orientar decisões e executar gerenciamento baseado em fatos.

Mas, no final das contas, o que é análise de pessoas? Por que essa ferramenta está ganhando popularidade no mundo do RH? Neste artigo, explicamos tudo o que você precisa saber sobre esse método para começar a implementá-lo em sua empresa. Então, vamos lá!

O que é People Analytics?

A análise de pessoas, também chamada de People Analytics ou análise de RH, é uma abordagem baseada em dados que tem como objetivo coletar, organizar e interpretar informações sobre as equipes de uma empresa. Para isso, são utilizados softwares que integram dados de diversas fontes, permitindo um gerenciamento mais eficiente dos recursos humanos.

Essa técnica, que também é conhecida como análise de talentos, permite que gestores e líderes tomem decisões mais informadas sobre seus funcionários e equipe de trabalho. Ao usar a People Analytics, fatores como engajamento, produtividade e satisfação dos funcionários de uma empresa podem ser monitorados de perto imediatamente.

Por que as empresas estão adotando People Analytics?

O People Analytics é uma ferramenta criada para aperfeiçoar a administração de recursos humanos em todos os estágios da trajetória do funcionário. Isso significa que ela pode ser aplicada em diversas áreas de Recursos Humanos, tornando o setor mais eficiente e fundamentando as decisões. 

Abaixo, mencionamos algumas das principais funções em que a ferramenta pode ser usada.

Gestão de pessoas

O uso da análise de dados pode trazer benefícios significativos para a gestão de pessoas, como melhorar o desempenho da equipe e melhorar o clima organizacional. Além disso, essa abordagem pode identificar padrões comuns entre profissionais de alto desempenho e fatores que impactam positivamente a produtividade.

Outro ponto forte do People Analytics é que ele pode ser combinado com pesquisas de clima, que permitem mensurar a percepção dos funcionários sobre o ambiente de trabalho. Com isso, o RH pode identificar eventuais conflitos e desenvolver planos de ação mais eficazes para melhorar o engajamento e a motivação da equipe.

Retenção de talentos

Ter um conhecimento mais detalhado dos colaboradores também contribui para a retenção de talentos, reduzindo as taxas de rotatividade e os custos associados à contratação de novos funcionários. Dessa forma, a análise de dados pode ser empregada para compreender as principais razões por trás das saídas e desenvolver estratégias efetivas para evitá-las.

Recrutamento e seleção

Ao analisar sua equipe atual de funcionários com base em diferentes variáveis, é viável identificar habilidades e traços fundamentais para estabelecer um perfil de "candidato ideal" e, desse modo, aprimorar os processos de recrutamento. Por meio do uso do People Analytics, torna-se possível tornar esses processos mais eficientes e eficazes, permitindo a criação de filtros que agilizam o trabalho do departamento de recursos humanos. Isso possibilita uma seleção mais direcionada e pertinente, resultando em uma economia de tempo significativa para o RH.

Treinamento e desenvolvimento de pessoas

Por fim, o emprego do People Analytics é uma ferramenta valiosa para detectar áreas que precisam de aprimoramento e falhas em equipes, possibilitando que o setor de recursos humanos desenvolvam programas de capacitação e desenvolvimento mais efetivos. Com base nas informações coletadas pela ferramenta, é possível criar cronogramas de treinamento mais direcionados e adaptados às necessidades específicas de cada equipe, resultando em uma melhora na performance geral e valorização dos profissionais envolvidos.

Como People Analytics pode ajudar a melhorar a produtividade?

A principal vantagem de aplicar o People Analytics na administração de recursos humanos é a capacidade de fundamentar as decisões com dados e informações precisas. Antes do compartilhamento desse método, os profissionais de RH fundamentam suas ações em duas principais fontes: a experiência adquirida e o feeling. Embora a experiência seja valiosa, o feeling não possui fundamentos concretos e pode ser influenciado por preconceitos e suposições infundadas.

Com o uso do People Analytics, as equipes de RH são capazes de complementar sua experiência com dados e informações objetivas, reduzindo a probabilidade de erros e aumentando a eficiência. Assim sendo, a ferramenta oferece diversos benefícios para a empresa, tais como maior controle na gestão de recursos humanos, análises fundamentadas em dados internos reais, otimização dos recursos financeiros, redução de erros, aprimoramento do desempenho do setor de RH e uma administração mais estratégica e embasada. 

Como os dados de People Analytics podem ser usados para tomar decisões estratégicas?

Usar a análise de pessoas na gestão de pessoas pode ter um impacto significativo em uma organização. Um artigo da Fast Company apresenta um caso da Nielsen que descobriu que uma redução de 1% na rotatividade de funcionários poderia economizar até US$ 5 milhões em custos para a empresa. Além disso, a mobilidade interna foi identificada como um fator de retenção, o que levou a empresa a instituir um programa de contratação interna e economizar US$ 10 milhões em apenas oito meses.

O Credit Suisse é outro exemplo citado, que conseguiu prever quem poderia deixar a empresa e identificar os motivos da saída, possibilitando a redução dos fatores de risco de turnover e economizando US$ 70 milhões por ano. Ainda assim, dados da Bain & Company abordados pelo blog da Runrun It mostram que apenas 4% das empresas utilizam recursos de análise de pessoas, apesar dos benefícios evidentes, como margens de lucro 56% mais altas e um retorno 22% maior sobre os ativos. 

Portanto, investir em People Analytics não só traz vantagens para a gestão de pessoas e para a empresa, mas também pode ser um diferencial competitivo no mercado.

Quais são as principais tendências de People Analytics?

O potencial do People Analytics para o futuro é promissor, especialmente com o surgimento de novas tecnologias, como machine learning e inteligência artificial, nas empresas. No entanto, as tendências futuras vão além disso. 

Escolhemos algumas das tendências mais relevantes a serem acompanhadas nos próximos anos no que se refere à implementação do People Analytics.

Veja abaixo:

People Analytics em tempo real

Tradicionalmente definida, a análise da força de trabalho é um processo consultivo que avalia com eficácia áreas-chave em relação às necessidades de uma organização. Para fazer isso, faça perguntas, entreviste pessoas, colete e processe dados e, finalmente, prepare um relatório.

No entanto, em um ambiente de trabalho altamente complexo como o de hoje, esforços isolados podem não ser suficientes para atender às metas estabelecidas. Portanto, o feedback regular de candidatos, funcionários, líderes e outras partes interessadas em tempo real é fundamental.

Portanto, há uma tendência crescente de monitorar continuamente as preferências dos funcionários, níveis de engajamento e outros detalhes, a fim de identificar problemas potenciais e oportunidades de melhoria em tempo hábil.

Foco maior na produtividade

O futuro do People Analytics revelará novas maneiras de aumentar a produtividade, identificando as principais características dos funcionários de alto desempenho e criando ambientes de trabalho que promovam essas qualidades. Além disso, ao identificar precisamente as habilidades necessárias para cada função, ajuda a recrutar com mais eficiência.

Análise da Rede Organizacional

É uma tendência crescente e uma abordagem mais holística da análise da força de trabalho. Consiste na avaliação de grupos específicos, equipes e redes organizacionais mais amplas, ao invés de apenas funcionários individuais.

Transparência fundamental

Você não pode discutir a análise de pessoas sem mencionar brevemente o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR). Desde que entrou em vigor em maio de 2018, o GDPR trouxe alguns desenvolvimentos positivos, incluindo transparência no compartilhamento de dados.Atualmente, a coleta, análise e uso de dados pessoais estão sob escrutínio legal.

Isso significa que, nos próximos anos, para atender aos requisitos regulatórios e garantir a privacidade e a segurança dos dados, as soluções de análise de dados pessoais precisarão integrar as funções de conformidade, avaliação e gerenciamento do GDPR. 

Machine Learning e Inteligência Artificial

Com avanços em novos algoritmos, a qualidade dos sistemas analíticos permitirá a descoberta de dados antes não visualizáveis. Nisso, os departamentos de RH poderão investigar até mesmo padrões de atrito profissional e prevendo a performance e rotatividade dos colaboradores. Outras análises relacionadas à produtividade dos profissionais também se tornaram possíveis.

Tudo isso permitirá um processo de recrutamento e seleção mais granular, analisando dados internos e externos, como a rede social do candidato. Isso possibilita a criação de perfis precisos, considerando singularidades, padrões de comportamento, valores, habilidades interpessoais e outras questões, evitando assim a contratação de profissionais inadequados que eram contratados apenas por suas habilidades técnicas.

O Lingopass, uma plataforma de treinamento multicanal e multilíngue com foco no mercado corporativo e educacional. A plataforma está disponível 24 horas por dia, todos os dias da semana e combina pedagogia, coaching e tecnologia para oferecer diversas formas de aprendizado que se adaptam à personalidade do aluno, solucionando problemas de engajamento e conclusão de cursos. 

Para obter mais informações sobre people analytics e sobre a empresa, clique aqui.

Ver também:
21.8.23
Lingopass + Azul: Parceria que levou 4 gestores de RH para Paris
30.6.23
BRITISH COUNCIL identifica que 5% dos brasileiros falam inglês e apenas 1% possui fluência
16.2.24
6 passos para potencializar seu negócio com uma comunidade corporativa
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade