por
Lingopass
11.11.2022

Estrutura organizacional: Entenda o que é, como aplicar e qual sua importância

Qual é a probabilidade de uma casa desordenada funcionar corretamente? Imagine uma casa habitada por uma família numerosa: como qualquer casa, ela precisa de cuidados, manutenção e principalmente organização para que todos possam viver em harmonia. Para que tudo ocorra na ordem perfeita, a casa precisa de um líder que decida quem ficará em cada cômodo, quem ajudará na limpeza, manutenção e quem controlará as despesas. Dessa forma, se todos trabalharem juntos e realizarem tarefas diferentes, a casa tem grandes chances de ser um verdadeiro exemplo de sucesso familiar. Da mesma forma, deve acontecer em uma empresa com seus diferentes departamentos. É imprescindível que haja uma estrutura organizacional para que todos trabalhem de forma a alcançar os objetivos do negócio. Continue lendo para dominar esse assunto.

O que é uma estrutura organizacional e qual é a sua importância?

Em primeiro lugar, os negócios são feitos por pessoas, certo? A forma como essas pessoas são alocadas dentro da empresa, a divisão de departamentos, cargos e tarefas, é chamada de estrutura organizacional. Dando um passo adiante, as estruturas organizacionais trabalham com hierarquias e determinam o relacionamento entre líderes e seus subordinados.

Graças à estrutura organizacional, é possível ter uma compreensão mais ampla de como os recursos são alocados entre as áreas e como a empresa atinge seus objetivos estratégicos.

Para que tudo ocorra em conformidade, é preciso haver pessoas com papéis claros, desempenhando as tarefas de acordo com sua expertise e em coordenação com o planejamento estratégico. Além disso, essas pessoas devem estar no lugar certo, desempenhando a função certa.

Este é o primeiro ponto a levar em conta quando se trata de estrutura organizacional: ela define claramente as tarefas necessárias, organiza papéis e define responsabilidades. Afinal, uma empresa eficiente tem pessoas que conhecem seu papel na organização.

Com uma estrutura organizacional bem estabelecida, as métricas de desempenho de cada funcionário podem ser rastreadas e devem ser alinhadas às metas dos departamentos e da empresa. Quando se trata de recursos humanos, a estrutura permite abordar questões motivacionais e de integração entre os colaboradores.

Uma boa estrutura organizacional reflete também a produtividade e a excelência da gestão empresarial. Com a estrutura certa, as métricas de desempenho podem ser melhor desenvolvidas e gerenciadas, estoques controlados, dados díspares coletados e analisados, além de verificar quais áreas estão com excesso/escassez de recursos e quais áreas estão gastando mais.

Tudo isso permite que a alta administração e o RH tomem as medidas necessárias. Por outro lado, a equipe executiva consegue ter uma visão mais ampla para prever corretamente os orçamentos.

Você vê como a estrutura organizacional pode ajudar a melhorar continuamente os resultados? Agora, vamos analisar os principais tipos de estruturas existentes.

Como avaliar e melhorar a estrutura organizacional da sua empresa?

Uma empresa precisa de uma hierarquia horizontal, um ambiente que incentive a participação e a colaboração dos funcionários? Ou requer uma estrutura vertical com uma placa acima do resto e poder centralizado?

Não há certo ou errado. As empresas que têm a criatividade como core business escolherão uma hierarquia horizontal. Por outro lado, aquelas que dependem de fluxos de trabalho, regras e procedimentos, e tendem a manter uma visão mais conservadora, optam pela integração vertical.

Saber o que a empresa faz, quais produtos ela vende, o que deseja alcançar e qual é a cultura da organização pode fornecer um melhor direcionamento para a análise entre as estruturas.

Quais componentes são fundamentais para uma estrutura organizacional eficiente?

Não importa que tipo de estrutura organizacional você escolha para sua empresa, é importante representá-la visualmente em um organograma para que todos os funcionários possam entender melhor seu papel na empresa.

Siga estas dicas ao configurar sua estrutura organizacional para garantir que você aproveite ao máximo:

  • Mantenha-se organizado: uma estrutura desordenada não é boa para ninguém. Para ser o mais claro possível, faça suas caixas do mesmo tamanho e coloque-as uniformemente. Coloque o gráfico em uma página, se puder, ou faça uma tabela dedicada a cada área da empresa.
  • Mantenha-se atualizado: muitas empresas crescem rapidamente ou promovem funcionários com frequência. Quando alguém é contratado ou inicia uma nova função, adquira o hábito de atualizar a estrutura organizacional para ajudá-lo a entender imediatamente seu papel na empresa.
  • Crie um documento centralizado de sua estrutura organizacional e compartilhe-o a partir do mesmo arquivo. Se você enviar um e-mail para seus funcionários com um organograma anexado, o documento poderá ficar desatualizado rapidamente e a empresa poderá ter versões desatualizadas do documento em vários lugares.
  • Forneça ou vincule a outras informações relevantes em sua documentação. Nomes e títulos não são os únicos detalhes importantes.

Conheça os tipos de estrutura organizacional

Existem várias formas de organizar uma empresa. Não existe uma estrutura ideal única para cada empresa. Para escolher o melhor tipo de estrutura organizacional para sua empresa, você precisa analisar o que deseja alcançar com sua organização.

Abaixo você pode ler os conceitos, vantagens e desvantagens dos seguintes tipos de estruturas organizacionais:

  • Estrutura organizacional linear (ou hierárquica, ou vertical)
  • Estrutura organizacional funcional
  • Organização matricial
  • Estrutura organizacional horizontal
  • Estrutura de tecido redondo ou radial

Este guia irá ajudá-lo a entender as diferenças entre os diferentes tipos de estruturas organizacionais para que você possa determinar a ideal para sua empresa.

Quais as principais diferenças entre estruturas organizacionais formais e informais?

A estrutura organizacional formal é baseada na estrutura do organograma da empresa. É assim que as empresas realmente se estruturam no planejamento, dada a hierarquia e as regras de conduta.

As estruturas organizacionais informais são aquelas criadas pela convivência das pessoas dentro de uma empresa. Ela é mais espontânea e leva em conta os costumes dos envolvidos. Estruturas formais e informais surgem simultaneamente e estão presentes em todas as empresas.

Quais os benefícios e malefícios de cada uma delas?

A seguir, explicaremos os tipos de estruturas formais mais utilizados pelas empresas:

Benefícios

  • Permite um ambiente mais participativo, pois depende da colaboração de muitas pessoas diferentes;
  • Os funcionários têm mais informações ao tomar decisões em níveis mais baixos;
  • Ele enfatiza a interdependência entre os departamentos, oferecendo oportunidades de capacitação, maiores contribuições individuais e participação na tomada de decisões de nível inferior;
  • Mais fácil de controlar os resultados.

Malefícios

  • O reporte duplo (chefe funcional e departamental) pode criar um conflito de interesses;
  • Briga entre chefes de departamento;
  • Alguns funcionários têm dificuldade de adaptação;
  • Falta de comunicação.

Viu como a estrutura organizacional pode impactar diretamente no desempenho de uma empresa? Se você é o gestor da sua empresa e quer saber mais como melhorar os resultados, o Lingopass tem conteúdos e soluções para sua empresa. Agora, se você é um colaborador e gostaria que os gestores da sua empresa tivessem acesso a esse conteúdo, indique sua empresa.

Estrutura organizacional: Entenda o que é, como aplicar e qual sua importância

por
Lingopass
11.11.2022
Tempo de leitura:

Qual é a probabilidade de uma casa desordenada funcionar corretamente? Imagine uma casa habitada por uma família numerosa: como qualquer casa, ela precisa de cuidados, manutenção e principalmente organização para que todos possam viver em harmonia. Para que tudo ocorra na ordem perfeita, a casa precisa de um líder que decida quem ficará em cada cômodo, quem ajudará na limpeza, manutenção e quem controlará as despesas. Dessa forma, se todos trabalharem juntos e realizarem tarefas diferentes, a casa tem grandes chances de ser um verdadeiro exemplo de sucesso familiar. Da mesma forma, deve acontecer em uma empresa com seus diferentes departamentos. É imprescindível que haja uma estrutura organizacional para que todos trabalhem de forma a alcançar os objetivos do negócio. Continue lendo para dominar esse assunto.

O que é uma estrutura organizacional e qual é a sua importância?

Em primeiro lugar, os negócios são feitos por pessoas, certo? A forma como essas pessoas são alocadas dentro da empresa, a divisão de departamentos, cargos e tarefas, é chamada de estrutura organizacional. Dando um passo adiante, as estruturas organizacionais trabalham com hierarquias e determinam o relacionamento entre líderes e seus subordinados.

Graças à estrutura organizacional, é possível ter uma compreensão mais ampla de como os recursos são alocados entre as áreas e como a empresa atinge seus objetivos estratégicos.

Para que tudo ocorra em conformidade, é preciso haver pessoas com papéis claros, desempenhando as tarefas de acordo com sua expertise e em coordenação com o planejamento estratégico. Além disso, essas pessoas devem estar no lugar certo, desempenhando a função certa.

Este é o primeiro ponto a levar em conta quando se trata de estrutura organizacional: ela define claramente as tarefas necessárias, organiza papéis e define responsabilidades. Afinal, uma empresa eficiente tem pessoas que conhecem seu papel na organização.

Com uma estrutura organizacional bem estabelecida, as métricas de desempenho de cada funcionário podem ser rastreadas e devem ser alinhadas às metas dos departamentos e da empresa. Quando se trata de recursos humanos, a estrutura permite abordar questões motivacionais e de integração entre os colaboradores.

Uma boa estrutura organizacional reflete também a produtividade e a excelência da gestão empresarial. Com a estrutura certa, as métricas de desempenho podem ser melhor desenvolvidas e gerenciadas, estoques controlados, dados díspares coletados e analisados, além de verificar quais áreas estão com excesso/escassez de recursos e quais áreas estão gastando mais.

Tudo isso permite que a alta administração e o RH tomem as medidas necessárias. Por outro lado, a equipe executiva consegue ter uma visão mais ampla para prever corretamente os orçamentos.

Você vê como a estrutura organizacional pode ajudar a melhorar continuamente os resultados? Agora, vamos analisar os principais tipos de estruturas existentes.

Como avaliar e melhorar a estrutura organizacional da sua empresa?

Uma empresa precisa de uma hierarquia horizontal, um ambiente que incentive a participação e a colaboração dos funcionários? Ou requer uma estrutura vertical com uma placa acima do resto e poder centralizado?

Não há certo ou errado. As empresas que têm a criatividade como core business escolherão uma hierarquia horizontal. Por outro lado, aquelas que dependem de fluxos de trabalho, regras e procedimentos, e tendem a manter uma visão mais conservadora, optam pela integração vertical.

Saber o que a empresa faz, quais produtos ela vende, o que deseja alcançar e qual é a cultura da organização pode fornecer um melhor direcionamento para a análise entre as estruturas.

Quais componentes são fundamentais para uma estrutura organizacional eficiente?

Não importa que tipo de estrutura organizacional você escolha para sua empresa, é importante representá-la visualmente em um organograma para que todos os funcionários possam entender melhor seu papel na empresa.

Siga estas dicas ao configurar sua estrutura organizacional para garantir que você aproveite ao máximo:

  • Mantenha-se organizado: uma estrutura desordenada não é boa para ninguém. Para ser o mais claro possível, faça suas caixas do mesmo tamanho e coloque-as uniformemente. Coloque o gráfico em uma página, se puder, ou faça uma tabela dedicada a cada área da empresa.
  • Mantenha-se atualizado: muitas empresas crescem rapidamente ou promovem funcionários com frequência. Quando alguém é contratado ou inicia uma nova função, adquira o hábito de atualizar a estrutura organizacional para ajudá-lo a entender imediatamente seu papel na empresa.
  • Crie um documento centralizado de sua estrutura organizacional e compartilhe-o a partir do mesmo arquivo. Se você enviar um e-mail para seus funcionários com um organograma anexado, o documento poderá ficar desatualizado rapidamente e a empresa poderá ter versões desatualizadas do documento em vários lugares.
  • Forneça ou vincule a outras informações relevantes em sua documentação. Nomes e títulos não são os únicos detalhes importantes.

Conheça os tipos de estrutura organizacional

Existem várias formas de organizar uma empresa. Não existe uma estrutura ideal única para cada empresa. Para escolher o melhor tipo de estrutura organizacional para sua empresa, você precisa analisar o que deseja alcançar com sua organização.

Abaixo você pode ler os conceitos, vantagens e desvantagens dos seguintes tipos de estruturas organizacionais:

  • Estrutura organizacional linear (ou hierárquica, ou vertical)
  • Estrutura organizacional funcional
  • Organização matricial
  • Estrutura organizacional horizontal
  • Estrutura de tecido redondo ou radial

Este guia irá ajudá-lo a entender as diferenças entre os diferentes tipos de estruturas organizacionais para que você possa determinar a ideal para sua empresa.

Quais as principais diferenças entre estruturas organizacionais formais e informais?

A estrutura organizacional formal é baseada na estrutura do organograma da empresa. É assim que as empresas realmente se estruturam no planejamento, dada a hierarquia e as regras de conduta.

As estruturas organizacionais informais são aquelas criadas pela convivência das pessoas dentro de uma empresa. Ela é mais espontânea e leva em conta os costumes dos envolvidos. Estruturas formais e informais surgem simultaneamente e estão presentes em todas as empresas.

Quais os benefícios e malefícios de cada uma delas?

A seguir, explicaremos os tipos de estruturas formais mais utilizados pelas empresas:

Benefícios

  • Permite um ambiente mais participativo, pois depende da colaboração de muitas pessoas diferentes;
  • Os funcionários têm mais informações ao tomar decisões em níveis mais baixos;
  • Ele enfatiza a interdependência entre os departamentos, oferecendo oportunidades de capacitação, maiores contribuições individuais e participação na tomada de decisões de nível inferior;
  • Mais fácil de controlar os resultados.

Malefícios

  • O reporte duplo (chefe funcional e departamental) pode criar um conflito de interesses;
  • Briga entre chefes de departamento;
  • Alguns funcionários têm dificuldade de adaptação;
  • Falta de comunicação.

Viu como a estrutura organizacional pode impactar diretamente no desempenho de uma empresa? Se você é o gestor da sua empresa e quer saber mais como melhorar os resultados, o Lingopass tem conteúdos e soluções para sua empresa. Agora, se você é um colaborador e gostaria que os gestores da sua empresa tivessem acesso a esse conteúdo, indique sua empresa.

Ver também:
2.7.24
Estudo Randstad Employer Brand 2024: a atratividade das marcas empregadoras no Brasil
3.7.24
Como a comunicação está ajudando as startups a ter vantagens no mercado internacional?
27.6.24
Lingopass é selecionado para participar do programa Santander X 100
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade