por
Lingopass
15.2.2023

O futuro promissor da Indústria farmacêutica e cosméticos e os principais desafios enfrentados pelo setor

Entendendo os desafios e oportunidades da Indústria Farmacêutica e Cosméticos no Brasil

A indústria farmacêutica é o setor da economia que envolve o desenvolvimento, produção e comercialização de medicamentos. Ela inclui desde as pesquisas e desenvolvimento de novos remédios até a distribuição e comercialização desses insumos, passando por processos de produção de materiais farmacêuticos e também de fabricação de produtos de beleza.

Este setor impacta diretamente o nosso dia a dia, pois é ele o responsável pela produção de medicamentos genéricos, produtos farmacêuticos que são usados ​​para melhor desenvolve e produz os medicamentos que são usados para tratar e prevenir doenças, além de estar diretamente relacionada ao desenvolvimento de vacinas e insumos para o tratamento de doenças crônicas, bem como à qualidade de vida das pessoas no dia a dia. Por esta razão, podemos dizer que a indústria farmacêutica desempenha um papel crucial na saúde e bem-estar da população como um todo.
Este segmento está em constante desenvolvimento e expansão, uma vez que precisa estar sempre à frente nas pesquisas e tecnologias. No ano de 2023, é previsto que a indústria farmacêutica brasileira continue a desenvolver e melhorar seus produtos, oferecendo soluções de saúde de qualidade para seus clientes e pacientes. Com a evolução das tecnologias, também se espera que os cientistas, pesquisadores e profissionais envolvidos na produção de medicamentos possam desenvolver novas soluções com maior eficácia e segurança.

O cenário nacional e internacional

O Brasil é o quinto maior mercado farmacêutico no mundo e o maior na América Latina, sendo responsável por 25% da sua produção farmacêutica, e chegando a faturar R$ 152,1 bilhões só no ano de 2021. Além de ser o quarto mercado mundial na área de beleza e cosméticos, movimentando mais de 100 bilhões de reais anualmente, chegando a exportar seus produtos para mais de 170 países ao redor do globo, segundo a Revista Forbes.

Fonte: Euromonitor Internacional



Além disso, este é um dos setores da economia que mais cresce mundialmente e tem também um mercado interno muito grande. O país é o segundo maior consumidor de medicamentos no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Para se ter ideia, em 2019, o Brasil utilizou cerca de 27 bilhões de reais em medicamentos.

Fonte: Ministério da Economia/ALANAC

Um dos fatores que fortaleceu e aqueceu este mercado nacionalmente foi o início do programa de distribuição de medicamentos gratuitos, o Programa Farmácia Popular, que foi criado em 2006. Este programa tem como objetivo fornecer medicamentos gratuitos para populações carentes. Além disso, esta área se destaca também pela alta qualidade dos medicamentos que produz e pela variedade de produtos ofertados. Bem como pelos recursos tecnológicos capazes de gerar medicamentos mais baratos, sem sacrificar a qualidade.

O setor de beleza e produção de cosméticos no Brasil também tem apresentado um crescimento exponencial, especialmente graças à crescente preocupação com a estética e bem-estar da população. O país conta com diversos fabricantes de cosméticos de qualidade e com empresas que oferecem serviços de estética, como salões de beleza e spas, com um alto nível de profissionalismo.

Panoramas e perspectivas para o futuro

No Brasil, o setor farmacêutico tem um grande potencial para crescimento nos próximos anos. O país possui uma sólida infraestrutura de saúde e uma base de mais de 200 mil farmácias, que são abastecidas por mais de 5.000 empresas fabricantes. A tendência é que os investimentos na área aumentem, especialmente com a entrada de novas tecnologias, como a terapia gênica, que exige um aumento na produção de medicamentos.

No mundo, o setor farmacêutico deve continuar a crescer nos próximos anos, especialmente com o aumento da demanda por medicamentos novos e inovadores. O setor também está sendo impulsionado pelo avanço da tecnologia, que permite aos fabricantes criar medicamentos mais eficazes e de melhor qualidade. Além disso, a expansão da economia global e a melhora dos padrões de saúde também contribuirão para o desenvolvimento da indústria farmacêutica.

Nos próximos anos, a população idosa brasileira irá dobrar, chegando ao marco de 30% em 2050. Este dado abre margem para que as empresas da indústria farmacêutica invistam não apenas em medicamentos e tecnologias, mas em soluções de qualidade de vida para que estes consumidores envelheçam com saúde. 

Até esta data, a indústria farmacêutica no Brasil e no mundo tende a ser ainda mais inovadora e diversificada. A biotecnologia será ainda mais importante para a criação de medicamentos mais específicos e eficazes, enquanto as terapias gênicas e a medicina personalizada tornarão a saúde mais acessível para as pessoas. As empresas farmacêuticas também devem aproveitar o crescimento da demanda por medicamentos genéricos e de baixo custo, que permitirão aos pacientes ter acesso a produtos mais baratos e de melhor qualidade.

Dessa forma, um dos mercados mais óbvios nesse aspecto, é, evidentemente, a produção de fármacos, direcionados a doenças e condições naturalmente associadas à idade. Entretanto, a indústria também pode investir em trazer estratégias para quem quer envelhecer bem. Portanto, além de medicamentos, estas soluções podem abranger produtos de beleza, suplementos alimentares, alimentos e bebidas funcionais, dispositivos de monitoramento, terapias ou até mesmo aplicativos que monitoram e auxiliam o usuário a desenvolver a autocuidado.

O futuro promissor da Indústria farmacêutica e cosméticos e os principais desafios enfrentados pelo setor

por
Lingopass
15.2.2023
Tempo de leitura:
8 minutos

Entendendo os desafios e oportunidades da Indústria Farmacêutica e Cosméticos no Brasil

A indústria farmacêutica é o setor da economia que envolve o desenvolvimento, produção e comercialização de medicamentos. Ela inclui desde as pesquisas e desenvolvimento de novos remédios até a distribuição e comercialização desses insumos, passando por processos de produção de materiais farmacêuticos e também de fabricação de produtos de beleza.

Este setor impacta diretamente o nosso dia a dia, pois é ele o responsável pela produção de medicamentos genéricos, produtos farmacêuticos que são usados ​​para melhor desenvolve e produz os medicamentos que são usados para tratar e prevenir doenças, além de estar diretamente relacionada ao desenvolvimento de vacinas e insumos para o tratamento de doenças crônicas, bem como à qualidade de vida das pessoas no dia a dia. Por esta razão, podemos dizer que a indústria farmacêutica desempenha um papel crucial na saúde e bem-estar da população como um todo.
Este segmento está em constante desenvolvimento e expansão, uma vez que precisa estar sempre à frente nas pesquisas e tecnologias. No ano de 2023, é previsto que a indústria farmacêutica brasileira continue a desenvolver e melhorar seus produtos, oferecendo soluções de saúde de qualidade para seus clientes e pacientes. Com a evolução das tecnologias, também se espera que os cientistas, pesquisadores e profissionais envolvidos na produção de medicamentos possam desenvolver novas soluções com maior eficácia e segurança.

O cenário nacional e internacional

O Brasil é o quinto maior mercado farmacêutico no mundo e o maior na América Latina, sendo responsável por 25% da sua produção farmacêutica, e chegando a faturar R$ 152,1 bilhões só no ano de 2021. Além de ser o quarto mercado mundial na área de beleza e cosméticos, movimentando mais de 100 bilhões de reais anualmente, chegando a exportar seus produtos para mais de 170 países ao redor do globo, segundo a Revista Forbes.

Fonte: Euromonitor Internacional



Além disso, este é um dos setores da economia que mais cresce mundialmente e tem também um mercado interno muito grande. O país é o segundo maior consumidor de medicamentos no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Para se ter ideia, em 2019, o Brasil utilizou cerca de 27 bilhões de reais em medicamentos.

Fonte: Ministério da Economia/ALANAC

Um dos fatores que fortaleceu e aqueceu este mercado nacionalmente foi o início do programa de distribuição de medicamentos gratuitos, o Programa Farmácia Popular, que foi criado em 2006. Este programa tem como objetivo fornecer medicamentos gratuitos para populações carentes. Além disso, esta área se destaca também pela alta qualidade dos medicamentos que produz e pela variedade de produtos ofertados. Bem como pelos recursos tecnológicos capazes de gerar medicamentos mais baratos, sem sacrificar a qualidade.

O setor de beleza e produção de cosméticos no Brasil também tem apresentado um crescimento exponencial, especialmente graças à crescente preocupação com a estética e bem-estar da população. O país conta com diversos fabricantes de cosméticos de qualidade e com empresas que oferecem serviços de estética, como salões de beleza e spas, com um alto nível de profissionalismo.

Panoramas e perspectivas para o futuro

No Brasil, o setor farmacêutico tem um grande potencial para crescimento nos próximos anos. O país possui uma sólida infraestrutura de saúde e uma base de mais de 200 mil farmácias, que são abastecidas por mais de 5.000 empresas fabricantes. A tendência é que os investimentos na área aumentem, especialmente com a entrada de novas tecnologias, como a terapia gênica, que exige um aumento na produção de medicamentos.

No mundo, o setor farmacêutico deve continuar a crescer nos próximos anos, especialmente com o aumento da demanda por medicamentos novos e inovadores. O setor também está sendo impulsionado pelo avanço da tecnologia, que permite aos fabricantes criar medicamentos mais eficazes e de melhor qualidade. Além disso, a expansão da economia global e a melhora dos padrões de saúde também contribuirão para o desenvolvimento da indústria farmacêutica.

Nos próximos anos, a população idosa brasileira irá dobrar, chegando ao marco de 30% em 2050. Este dado abre margem para que as empresas da indústria farmacêutica invistam não apenas em medicamentos e tecnologias, mas em soluções de qualidade de vida para que estes consumidores envelheçam com saúde. 

Até esta data, a indústria farmacêutica no Brasil e no mundo tende a ser ainda mais inovadora e diversificada. A biotecnologia será ainda mais importante para a criação de medicamentos mais específicos e eficazes, enquanto as terapias gênicas e a medicina personalizada tornarão a saúde mais acessível para as pessoas. As empresas farmacêuticas também devem aproveitar o crescimento da demanda por medicamentos genéricos e de baixo custo, que permitirão aos pacientes ter acesso a produtos mais baratos e de melhor qualidade.

Dessa forma, um dos mercados mais óbvios nesse aspecto, é, evidentemente, a produção de fármacos, direcionados a doenças e condições naturalmente associadas à idade. Entretanto, a indústria também pode investir em trazer estratégias para quem quer envelhecer bem. Portanto, além de medicamentos, estas soluções podem abranger produtos de beleza, suplementos alimentares, alimentos e bebidas funcionais, dispositivos de monitoramento, terapias ou até mesmo aplicativos que monitoram e auxiliam o usuário a desenvolver a autocuidado.

Os desafios do setor

Apesar de ter um futuro extremamente promissor, o setor ainda enfrenta desafios para atingir todo o seu potencial por completo. Hoje em dia, um dos principais deles é a dificuldade de obtenção de recursos financeiros, junto da ineficiência da infraestrutura e os altos custos de produção. Além disso, há também a falta de inovação tecnológica, a falta de profissionais qualificados em uma segunda língua e as regulamentações existentes que acabam limitando a competitividade.

A primeira dificuldade enfrentada, por exemplo, se deve ao fato de que as empresas enfrentam um ambiente de crédito apertado, com altos custos de financiamento e juros. Juntamente à infraestrutura atual, que não consegue suportar o crescimento do setor, resultando em baixa eficiência, o que contribui ainda mais para a manutenção dos altos custos de produção. A falta de inovação tecnológica e de profissionais qualificados em uma segunda língua estão diretamente relacionadas, isso porque uma coisa, naturalmente, puxa a outra, uma vez que o mercado de tecnologias e a língua inglesa estão intimamente conectados.

Outro ponto com impacto direto nos desafios enfrentados por este setor no Brasil é o fato de que a indústria farmacêutica brasileira desenvolveu-se mais tardiamente do que o observado nos países europeus, como Portugal, Espanha, França e Alemanha. Isso resultou em menor capacidade tecnológica e menos investimentos em pesquisa e desenvolvimento.

Superando desafios

Para superar os desafios, portanto, é necessário que a indústria busque soluções criativas para aprimorar a infraestrutura e desfrutar dos benefícios da automação, bem como invista em inovação e em tecnologias de ponta para aprimorar o processo produtivo. Além de buscar parcerias com fornecedores para reduzir estes custos, assim como investir especificamente em tecnologias de produção de última geração para aumentar a eficiência. Isso porque uma das principais tendências que estão sendo observadas na indústria ao redor do mundo é, de fato, o aumento do uso de tecnologias de ponta, como a inteligência artificial, para otimizar a produção, a análise de dados e a entrega de serviços aos clientes.

Outra tendência que está emergindo é o uso de novas matérias-primas e ingredientes para a produção de medicamentos e cosméticos. Estes ingredientes mais naturais têm um impacto menor no meio ambiente e também são mais seguros para o uso humano.

Também se podem buscar parcerias com organismos governamentais ou instituições financeiras para conseguir financiamentos, tendo como origem especialmente os mercados externos, aproveitando nossos diferenciais competitivos e know-how em relação a outros mercados farmacêuticos do mundo.

Dessa forma, é de suma importância que as empresas desta área que querem se destacar a aproveitar as oportunidades de mercado dos próximos anos, busquem formas de melhorar a qualificação de seus profissionais, com treinamentos e programas de capacitação, para melhorar a produtividade e desenvolver habilidades que os deem destaque. Para isso, no entanto, o desenvolvimento das habilidades de comunicação em uma segunda língua, como o inglês, é fundamental.

Case de sucesso

Conheça a Motul, um dos nossos cases de sucesso. Uma empresa global com identidade francesa, especialista em negócios automotivos, fluidos metalúrgicos e produtos de lubrificação de alto desempenho. Através de uma estratégia personalizada, capacitamos seus colaboradores partindo do nível A1 (iniciante) até o nível B1, com foco no aumento de produtividade viabilizado pela comunicação em língua inglesa.

‘’Com o Lingopass um problema que era resolvido em 3 semanas por troca de e-mail passou a 5 minutos de ligação!”, afirma Guillaume Pailleret – CEO.

Lingopass

Em um mundo globalizado e tecnológico, é cada vez mais importante para as empresas terem uma presença internacional. Para isso, é essencial ter capacidades de comunicação em línguas estrangeiras, como o inglês. A capacidade de se comunicar em língua inglesa pode ser muito útil para o mercado farmacêutico e de cosméticos brasileiro, pois abre portas para novas oportunidades de negócios,  contatos internacionais e potenciais investidores.

O Lingopass é uma solução corporativa de idiomas pensada para impulsionar negócios de forma completa, com foco em comunicação, vendas e produtividade, de maneira acelerada e 100% digital. Oferecemos mais do que o aprendizado de uma língua, mas um passaporte para vivenciar o idioma explorando o contexto cultural e as trocas de experiências com outros profissionais que fazem parte da nossa comunidade. 

Criamos estratégias de comunicação em idiomas, idealizadas de forma personalizada para a sua área de negócio e para o seu momento, promovendo o desenvolvimento acelerado e multidisciplinar de seus colaboradores. Nossas soluções permitem uma experiência única, disponibilizando conteúdos inovadores para o treinamento de idiomas baseados em conteúdos reais e em situações reais em que os usuários estarão envolvidos.

Quer saber mais sobre como o Lingopass pode ajudar na capacitação de seus colaboradores? Agende já uma conversa sem compromisso com a gente!

Ver também:
4.4.24
Forbes Global 2000: As 10 maiores empresas do setor de saúde e farmacêutico
6.3.24
Nanotecnologia: O que é? Para que serve?
1.2.24
Setor farmacêutico: 5 tendências que moldarão a “Life Science” em 2024
Faça Aulas gratuitas de conversação:
Sou Aluno
Seta apontando para a diagonal alta direita. Representando um link para outra página
lingonews
Receba novidades e conteúdos exclusivos em nossas newsletters.
Obrigado por se cadastrar!
Email inválido. Tente novamente ou use outro email.
Estamos na lista de 100 Startups to Watch, pela Pequenas Empresas e Grandes Negócios
Estamos na lista das 100 Latam EdTech mais promissoras de 2022 e 2023, pela HolonIQ
Acelerado por grandes parceiros:
©Lingopass - todos os direitos reservados. Termo de Uso e Política de Privacidade